Marcello Casal Jr./ Agência Brasil
Marcello Casal Jr./ Agência Brasil

Em maio São Paulo gerou mais de 50 mil empregos com carteira assinada

O estoque de empregos formais em São Paulo alcançou quase 14 milhões


Dados da pesquisa Emprego Formal da Fundação Seade mostrem que o emprego no estado de São Paulo teve um aumento de 0,4% em maio em relação a abril. A geração de mais de 50 mil postos de trabalho resultou em 617 mil admissões e 567 mil desligamentos. Com esses resultados, o estoque de empregos formais em São Paulo alcançou 13,3 milhões, de acordo com o Caged.

Os resultados de maio mostraram variações positivas em todos os setores: 

  • Agricultura (3,4%)
  • Construção (0,6%)
  • Serviços (0,4%)
  • Indústria (0,2%)
  • Comércio (0,2%)

O economista Guidi Nunes afirma que esses resultados são positivos e podem gerar mais contratações. 

“Esses cinquenta mil eu tenho uma visão mais positiva diante dessa situação em que a economia brasileira, as empresas têm que começar a aumentar contratos por contratação, mão de obra para dar conta”, avaliou o economista.

O aumento significativo de 11 mil postos na agricultura em maio foi impulsionado pelas contratações nas lavouras permanentes de laranja (6,7 mil), café (1,3 mil) e atividades de apoio à agricultura e pecuária (2,9 mil).

Em números absolutos, a economia de São Paulo criou em maio 11.161 mil empregos na agricultura — 4.461 mil na construção, 25.102 mil em serviços, 4.375 mil na indústria e 5.013 no comércio.

Em termos regionais, os destaques positivos de emprego em maio foram na Capital (15.966), Campinas (10.419), Região Metropolitana de São Paulo (5.822) e Sorocaba (4.182).

No acumulado de janeiro a maio de 2023, foram gerados 240.331 postos de trabalho no estado de São Paulo — o que corresponde a quase 30% das 865.360 vagas oferecidas pelo país no mesmo período.
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Dados da pesquisa Emprego Formal da Fundação Seade mostram que o emprego no estado de São Paulo teve um aumento de 0,4% em maio em relação a abril. 

Os resultados de maio mostraram variações positivas em todos os setores, sendo: Agricultura (3,4%), Construção (0,6%), Serviços (0,4%), Indústria (0,2%), Comércio (0,2%).

O economista Guidi Nunes afirma que esses resultados são positivos e que podem gerar mais contratações. 
 

TEC/SONORA: Guidi Nunes - Economista 

“Esses cinquenta mil eu tenho uma visão mais positiva diante dessa situação em que a economia brasileira as empresas têm que começar a aumentar contratos por contratação, mão de obra para dar conta”.


LOC.: Em termos regionais, os destaques positivos de emprego em maio foram na capital  paulista(15.966), em Campinas (10.419), na Região Metropolitana de São Paulo (5.822) e Sorocaba (4.182).

No acumulado de janeiro a maio de 2023, foram gerados 240.331 postos de trabalho no estado de São Paulo — o que corresponde a quase 30% das 865.360 vagas oferecidas pelo país no mesmo período.
 

Reportagem, Daniela Gomes