Foto: evening_tao/Freepik
Foto: evening_tao/Freepik

Municípios que participam do programa ‘MT Iluminado’ precisam atualizar cadastro com a Energisa

Segundo a secretaria de infraestrutura do estado, a atualização é importante para garantir a redução na taxa de iluminação pública


 

Os municípios mato-grossenses, que já instalaram luminárias LED, precisam regularizar o cadastro na Energisa — concessionária de energia do estado — para atualizar o cálculo de consumo de energia do sistema de iluminação pública dos municípios e garantir a redução de custo. Segundo a Secretaria de Infraestrutura do Mato Grosso (Sinfra-MT) até o momento 276 mil luminárias de LED foram entregues aos municípios.

A iniciativa faz parte do Programa MT Iluminado, desenvolvido pelo Governo do Mato Grosso e executado em parceria da Sinfra-MT com a MT Participações e Projetos S/A (MT Par). O presidente da MT Par, Wener Santos, explica como funciona o programa.

“São 136 municípios que estão sendo atendidos, quase 400 luminárias estão sendo distribuídas para os municípios do estado. É 100% de recursos do governo do estado, onde os municípios entram com a mão de obra”, explica.

O presidente da MT Par ainda destaca os benefícios da instalação de luminárias led nos municípios. “Pode chegar até 60% em economia, visto que as luminárias gastam menos energia por ser uma tecnologia avançada. As cidades ficam mais bonitas, mais seguras. Alguns índices indicam que chegam até 40% na redução da criminalidade nos municípios que têm as luminárias de LED”, diz.

Santos ainda ressalta que a atualização do cadastro é importante para a correção do cálculo, uma vez que “a taxa de iluminação pública varia de cidade para cidade devido a legislação municipal”.

Para os municípios que já fizeram a instalação das luminárias, é necessário enviar um e-mail para a Energisa através do endereço atendimento.poderpublico@energisa.com.br  — informando que o município participa do programa — para garantir o benefício na redução da taxa de iluminação pública. Já os municípios que desejam participar do programa é preciso preencher um formulário disponível na página do governo do Mato Grosso e encaminhar para o e-mail da Energisa.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Os municípios mato-grossenses que já instalaram luminárias LED, precisam regularizar o cadastro na Energisa — concessionária de energia do estado — para atualizar o cálculo de consumo de energia do sistema de iluminação pública dos municípios e garantir a redução de custo. Segundo a Secretaria de Infraestrutura do Mato Grosso (Sinfra-MT) até o momento, 276 mil luminárias de LED foram entregues aos municípios.

A iniciativa faz parte do Programa MT Iluminado, desenvolvido pelo Governo do Mato Grosso e executado em parceria da Sinfra-MT com a MT Participações e Projetos S/A (MT Par). O presidente da MT Par, Wener Santos, explica como funciona o programa.
 

TEC./SONORA: Wener Santos, presidente da MT Par

“São 136 municípios que estão sendo atendidos, quase 400 luminárias estão sendo distribuídas para os municípios do estado. É 100% de recursos do governo do estado, onde os municípios entram com a mão de obra”.
 


LOC.: Santos ainda destaca os benefícios da instalação de luminárias led nos municípios.
 

TEC./SONORA: Wener Santos, presidente da MT Par

“Pode chegar até 60% em economia, visto que as luminárias gastam menos energia por ser uma tecnologia avançada. As cidades ficam mais bonitas, mais seguras. Alguns índices indicam que chegam até 40% na redução da criminalidade nos municípios que têm as luminárias de LED”.
 


LOC.: Para os municípios que já fizeram a instalação das luminárias, é necessário enviar um e-mail para a Energisa através do endereço atendimento.poderpublico@energisa.com.br — informando que o município participa do programa — para garantir o benefício na redução da taxa de iluminação pública.

Reportagem, Landara Lima