Foto: Reprodução/MDR
Foto: Reprodução/MDR

MDR abre inscrições para a realização de conferências livres para debater aspectos a serem incorporados na PNDU

As propostas selecionadas serão divulgadas no dia 30 de julho


O Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, recebe até 25 de julho inscrições de organizações da sociedade civil, movimentos sociais, coletivos e cooperativas interessados em promover conferências livres sobre os Objetivos de Desenvolvimento Urbanos Sustentáveis, os ODUS. As propostas selecionadas serão divulgadas no dia 30 de julho.

Ana Paula Bruno, analista de infraestrutura do MDR, explica que os debates sugeridos pela sociedade civil vão fortalecer a construção dos ODUS. 

"Nesse processo, a gente quer, com o ODUS, construir as visões de futuro para as cidades brasileiras, que vão orientar a política e que vão orientar as ações de desenvolvimento urbano no País".

E é uma das formas que a gente está usando para promover isso que está aqui, que é engajamento, construção genuína e construção colaborativa dessa agenda nacional de desenvolvimento urbano.

A realização das conferências livres é parte do processo de construção da PNDU, que conta com a parceria da Agência Alemã de Cooperação Internacional, a GIZ.

Nas últimas semanas, o MDR tem promovido oficinas para debater a estruturação da política pública com representantes de estados e municípios das regiões Nordeste, Sudeste e Sul. Em breve, ocorrerão eventos com membros do Norte e Centro-Oeste.

Para saber mais sobre ações de desenvolvimento urbano do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Vicente Melo

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, recebe até 25 de julho inscrições de organizações da sociedade civil, movimentos sociais, coletivos e cooperativas interessados em promover conferências livres sobre os Objetivos de Desenvolvimento Urbanos Sustentáveis, os ODUS. As propostas selecionadas serão divulgadas no dia 30 de julho.

Ana Paula Bruno, analista de infraestrutura do MDR, explica que os debates sugeridos pela sociedade civil vão fortalecer a construção dos ODUS. 

TEC/SONORA: Ana Paula Bruno 

"Nesse processo, a gente quer, com o ODUS, construir as visões de futuro para as cidades brasileiras, que vão orientar a política e que vão orientar as ações de desenvolvimento urbano no País".

E é uma das formas que a gente está usando para promover isso que está aqui, que é engajamento, construção genuína e construção colaborativa dessa agenda nacional de desenvolvimento urbano.

LOC: A realização das conferências livres é parte do processo de construção da PNDU, que conta com a parceria da Agência Alemã de Cooperação Internacional, a GIZ.

Nas últimas semanas, o MDR tem promovido oficinas para debater a estruturação da política pública com representantes de estados e municípios das regiões Nordeste, Sudeste e Sul. Em breve, ocorrerão eventos com membros do Norte e Centro-Oeste.

Para saber mais sobre ações de desenvolvimento urbano do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Vicente Melo