O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro Rogério Marinho participaram da cerimônia de inauguração. Foto: MDR
O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro Rogério Marinho participaram da cerimônia de inauguração. Foto: MDR

Jornada das Águas: na Paraíba, Governo Federal inaugura último trecho de canal do Projeto de Integração do Rio São Francisco

Com isso, após 13 anos desde o início do empreendimento, as obras físicas necessárias para garantir o caminho das águas dos dois eixos (Leste e Norte) estão concluídas


O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), inaugurou, nesta quinta-feira (21), em São José de Piranhas, na Paraíba, o último trecho de canal do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Com isso, após 13 anos desde o início do empreendimento, as obras físicas necessárias para garantir o caminho das águas dos dois eixos (Leste e Norte) estão concluídas.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro Rogério Marinho participaram da cerimônia de inauguração, que integra a Jornada das Águas – evento que partiu da nascente histórica do Rio São Francisco, no norte de Minas Gerais, e vai percorrer os nove estados do Nordeste com anúncios e entregas de obras de infraestrutura hídrica, preservação e recuperação de nascentes e cursos d’água, saneamento, irrigação, apoio ao setor produtivo e aos municípios, além de mudanças normativas que vão revolucionar a maneira como o brasileiro se relaciona com a água.

O trecho inaugurado nesta quinta-feira tem oito quilômetros de extensão e se localiza entre os reservatórios Caiçara, em São José de Piranhas, e Engenheiro Ávidos, em Cajazeiras (PB). O investimento federal na estrutura, que vai beneficiar moradores da Paraíba e do Rio Grande do Norte, foi R$ 49,7 milhões.

“Finalmente, depois de todos esses anos, a obra do Projeto de Integração do Rio São Francisco está concluída. Mais uma vez, isso demonstra o compromisso do Governo Federal em garantir segurança hídrica para a população brasileira que convive com a seca”, destacou o ministro Rogério Marinho.

Barragem Engenheiro Ávidos

Também nesta quinta-feira, o ministro Rogério Marinho e a comitiva que o acompanha durante a Jornada visitaram as obras de recuperação da Barragem Engenheiro Ávidos (foto à esquerda), que contam com R$ 17,6 milhões em investimentos federais e estão sendo executadas pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS). Vinte e três reservatórios estratégicos que receberão as águas do Projeto São Francisco já passaram por obras de recuperação, sendo o Engenheiro Ávidos o último deles.

Em operação desde 1936, a estrutura recebeu reformas em 1977 e, agora, passa por serviços de modernização e recuperação. A barragem abastece o município de Cajazeiras e o distrito de Engenheiro Ávidos, atendendo cerca de 61,4 mil pessoas. Além disso, oferece suporte hídrico ao Açude São Gonçalo, para atender perímetro irrigado e controlar as cheias do Rio Piranhas.

“Engenheiro Ávidos é o pulmão que vai eternizar o rio Piranhas-Açu e permitir que a água escoe para o último estado do Nordeste Setentrional, que será também abraçado pelo Velho Chico, que é o Rio Grande do Norte”, afirmou o ministro Rogério Marinho.

Ainda em São José de Piranhas, o ministro visitou o Reservatório Caiçara, local onde termina o Eixo Norte do Projeto São Francisco e se inicia o Ramal do Apodi. Quando pronto, o Apodi vai atender 750 mil pessoas de 54 cidades da Paraíba, do Rio Grande do Norte e do Ceará. O início das obras do empreendimento foi em junho deste ano. O investimento federal nas obras físicas é de R$ 938,5 milhões.

Desde 2019, o MDR investiu cerca de R$ 4 bilhões em obras hídricas para levar águas às regiões mais secas do Nordeste. Somente na transposição do Rio São Francisco, o maior empreendimento hídrico do País, já foi investido mais de R$ 1,1 bilhão nos Eixos Norte e Leste.

No evento desta quinta-feira de manhã, o ministro contou sobre a chegada, pela primeira vez, das águas do Eixo Norte do Projeto São Francisco ao estado da Paraíba. “Ontem, as águas do São Francisco chegaram à Paraíba, pelo Eixo Norte, em Morros. Estamos aguardando o preenchimento do reservatório. Quem conhece a Paraíba sabe que este é um grande reservatório, com quase 350 milhões de metros cúbicos de água. Ele será preenchido em breve e as águas vão chegar aqui em Caiçara e vão adentrar este canal. E vão descer rápido de Engenheiro Ávidos”, comentou.

Jornada das Águas

Criada pelo MDR, a Jornada das Águas visa reforçar o compromisso do Governo Federal de levar água a quem mais precisa. O trajeto começou no dia 18 de outubro, em São Roque de Minas (MG), e vai passar pela região do semiárido nordestino. Nas agendas, promovidas até o dia 28 de outubro, serão realizados anúncios e entregas de obras de infraestrutura, preservação e recuperação de nascentes e cursos d’água, saneamento, irrigação, apoio ao setor produtivo e aos municípios, além de mudanças normativas que vão revolucionar a maneira como brasileiro se relaciona com a água.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

TEC./SONORA: Jair Bolsonaro, presidente da república

“Estamos aqui hoje inaugurando mais um trecho da transposição do São Francisco.”

LOC.: Como disse o presidente Jair Bolsonaro, o Governo Federal inaugurou, nesta quinta-feira, 21 de outubro, na Paraíba, o último trecho de canal do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. O investimento federal na estrutura, que vai beneficiar moradores da Paraíba e do Rio Grande do Norte, foi de quase 50 milhões de reais. 

O trecho inaugurado tem oito quilômetros de extensão e fica entre os reservatórios Caiçara, em São José de Piranhas, e Engenheiro Ávidos, em Cajazeiras. 
Presente à cerimônia, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, destacou que, após 13 anos, as obras físicas do Projeto de Integração do Rio São Francisco estão completamente finalizadas.

TEC./SONORA: Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional

“Essa é a última obra de engenharia, a última obra física da transposição do São Francisco, nos eixos Leste e Norte. A partir daqui nós estamos na jusante de Caiçara, que é um reservatório importante aqui na região da Paraíba e a montante de Engenheiro Ávidos, entre as duas bacias. Lá em Caiçara está saindo uma derivação de um túnel que vai permitir que as águas do São Francisco que adentram a Paraíba possam chegar também a Major Sales, a Luís Gomes, ao Oeste do Rio Grande do Norte e resolver uma situação histórica de falta d’água na tromba do elefante que é o estado do qual eu descendo.”

LOC.: Também nesta quinta-feira, o ministro Rogério Marinho, gestores e secretários do MDR visitaram as obras de recuperação da Barragem Engenheiro Ávidos, que contam com mais de 17 milhões de reais em investimentos federais. As obras estão sendo executadas pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, o DNOCS. 

Rogério Marinho destacou a importância da Barragem para o caminho das águas do Velho Chico pelo semiárido brasileiro.

TEC./SONORA: Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional

“O Nordeste não é problema. O Nordeste é a solução para o Brasil. Engenheiro Ávidos será o pulmão que perenizará o rio Piranhas-Açu e permitirá que a água escoe para o último estado do Nordeste Setentrional, que será também abraçado pelo Velho Chico, que é o Rio Grande do Norte.”

LOC.: Para saber mais sobre a Jornada das Águas e outras ações de desenvolvimento regional do Governo Federal, acesse mdr.gov.br.