Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil
Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

Índice da bolsa de valores brasileira registra baixa

O índice da bolsa de valores se encontra a 126,6 mil pontos


O Ibovespa caiu 0,80% e se encontra no patamar de 126 mil pontos. Atualmente, o índice está cotado a 126.601 pontos. 

A queda observada no índice da bolsa de valores brasileira é resultado de uma reação negativa do mercado ao lançamento do novo plano do governo para a indústria brasileira, intitulado “Nova Indústria Brasil” (NIB). Os investimentos bilionários previstos no plano frustram as expectativas de agentes econômicos com relação à capacidade de cumprimento da meta fiscal brasileira. 

As maiores baixas foram sentidas pelas ações da Hapvida (HAPV3), Lojas Renner (LREN3) e Assaí (ASAI3), que caíram 5,70%, 5,45% e 4,80%.

Entre as mais negociadas, quase todas empresas registraram baixa, à exceção da Petrobras (PETR4), cujas ações subiram 0,45%. Já as empresas do setor bancário, como Itaú (ITUB4) e Bradesco (BBDC4), caíram 1,65% e 1,15%, respectivamente. 

As maiores altas do dia são da BRF (BRFS3), Cielo (CIEL3) e Embraer (EMBR3), que subiram 4,92%, 3,12% e 1,97%, respectivamente. 

O volume total negociado registrou queda na B3 e foi de R$ 18,6 bilhões no último fechamento.

Os dados referentes à bolsa de valores brasileira podem ser consultados através da B3
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O Ibovespa caiu 0,80% e se encontra no patamar de 126 mil pontos. Atualmente, o índice está cotado a 126.600 pontos. 

A queda observada no índice da bolsa de valores brasileira é resultado de uma reação negativa do mercado ao lançamento do novo plano do governo para a indústria brasileira, intitulado “Nova Indústria Brasil”. Os investimentos bilionários previstos no plano frustram as expectativas de agentes econômicos com relação à capacidade de cumprimento da meta fiscal brasileira. 

As maiores baixas foram sentidas pelas ações da Hapvida, Lojas Renner e Assaí.

Entre as mais negociadas, quase todas empresas registraram baixa, à exceção da Petrobras, cujas ações subiram 0,45%. Já as empresas do setor bancário, como Itaú e Bradesco, caíram 1,65% e 1,15%, respectivamente. 

As maiores altas do dia são da BRF, Cielo e Embraer. 

O volume total negociado registrou queda na B3 e foi de R$ 18,6 bilhões no último fechamento.

Os dados referentes à bolsa de valores brasileira podem ser consultados através da B3. 

Reportagem, Luigi Mauri, narração, Felipe Moura.