Foto: MDR/divulgação
Foto: MDR/divulgação

Em Osasco (SP), Governo Federal entrega 140 apartamentos a famílias de baixa renda

Residencial Recanto das Rosas, que recebeu R$ 12,7 milhões em investimentos, vai beneficiar cerca de 500 pessoas


Cento e quarenta famílias de baixa renda da cidade de Osasco, em São Paulo, agora vão viver com mais segurança e qualidade de vida. Isso porque o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, entregou neste sábado (7), o Residencial Recanto das Rosas. No total, cerca de 500 pessoas foram beneficiadas com a casa própria.

O empreendimento recebeu R$ 12,7 milhões em investimentos do Governo Federal.

Presente à cerimônia de entrega das chaves, Teresa Maria Schievano Paulino, secretária nacional de Habitação substituta, destacou o avanço que a entrega do empreendimento representa na vida de centenas de pessoas. “São 140 famílias sendo beneficiadas com moradia digna e infraestrutura. É uma satisfação muito grande participar dessas entregas e acompanhar a alegria dessas famílias”.

O residencial é um complexo com três blocos e conta com infraestrutura completa de água, esgoto, iluminação pública, energia elétrica, pavimentação, drenagem e transporte público. Além disso, há dois postos de saúde, um de segurança, quatro creches e duas escola nas proximidades.

A auxiliar de escritório Juliana de Castro Ramos, de 37 anos, foi uma das beneficiadas. Ela contou que receber as chaves do seu próprio apartamento era um grande sonho. “Estou muito feliz por receber essa benção. Isso é uma vitória na minha vida, é a realização de um sonho muito importante”

Lançado pelo Governo Federal em agosto de 2020, o Programa Casa Verde e Amarela busca facilitar o acesso à moradia digna. Com avanços e novidades, permitiu que mais de 1,2 milhão unidades habitacionais fossem entregues em todas as regiões do País entre 2019 e 2022, uma média de mais de mil por dia. Com isso, cerca de 5 milhões de pessoas foram beneficiadas com a casa própria.
 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: Cento e quarenta famílias de baixa renda da cidade de Osasco, em São Paulo, agora vão viver com mais segurança e qualidade de vida. Isso porque o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, entregou neste sábado, 7 de maio, o Residencial Recanto das Rosas. No total, cerca de quinhentas pessoas foram beneficiadas com a casa própria.

O empreendimento recebeu 12 milhões e setecentos mil reais em investimentos do Governo Federal.

Presente à cerimônia de entrega das chaves, Teresa Maria Schievano Paulino, secretária nacional de Habitação substituta, destacou o avanço que a entrega do empreendimento representa na vida de centenas de pessoas.

SONORA TERESA PAULINO // SECRETÁRIA

“São 140 famílias sendo beneficiadas com moradia digna e infraestrutura. É uma satisfação muito grande participar dessas entregas e acompanhar a alegria dessas famílias”.

LOC: O residencial é um complexo com três blocos e conta com infraestrutura completa de água, esgoto, iluminação pública, energia elétrica, pavimentação, drenagem e transporte público.

Além disso, há dois postos de saúde, um de segurança, quatro creches e duas escola nas proximidades.

A auxiliar de escritório Juliana de Castro Ramos, de 37 anos, foi uma das beneficiadas. Ela contou que receber as chaves do seu próprio apartamento era um grande sonho.

SONORA JULIANA DE CASTRO RAMOS // BENEFICIÁRIA

“Estou muito feliz por receber essa benção. Isso é uma vitória na minha vida, é a realização de um sonho muito importante”

LOC: Lançado pelo Governo Federal em agosto de 2020, o Programa Casa Verde e Amarela busca facilitar o acesso à moradia digna. Com avanços e novidades, permitiu que mais de 1 milhão e duzentas mil unidades habitacionais fossem entregues em todas as regiões do País entre 2019 e 2022, uma média de mais de mil por dia. Com isso, cerca de 5 milhões de pessoas foram beneficiadas com a casa própria.

Para saber mais sobre essa e outras ações em habitação do Governo Federal, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Manuela Rolim.