Foto: MDR/Divulgação
Foto: MDR/Divulgação

Em Jaraguá do Sul (SC), Governo Federal entrega 155 casas a famílias de baixa renda

Residencial Santa Luzia, que integra o Programa Casa Verde e Amarela, recebeu R$ 11,9 milhões em investimentos e vai beneficiar cerca de 600 pessoas


O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), entregou, nesta sexta-feira (17), 155 moradias a famílias de baixa renda do município de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina. Mais de 600 pessoas serão beneficiadas com a casa própria no Residencial Santa Luzia.

O ministro Rogério Marinho participou da cerimônia de entrega das chaves e fez questão de valorizar as ações do Programa Casa Verde e Amarela, que levam moradia digna às pessoas mais vulneráveis.

“Um momento como este é especial para nós, porque dá significado a tudo o que fazemos. Quando a gente vem entregar uma moradia, nós sabemos que muto mais do que pedra, cal, tijolo, vidro e cimento, a gente está entregando dignidade, cidadania e respeito”, afirmou Marinho.

A obra foi contratada em 2013, paralisada em 2018 e retomada em 2020, após aporte de R$ 2,2 milhões do Governo Federal para que o residencial fosse concluído com infraestrutura completa de água, esgoto, iluminação pública, energia elétrica e drenagem.

A artesã Nilva Fracaro (foto ao lado) foi uma das beneficiadas com o novo apartamento. Emocionada, ela contou que esperava na fila por uma moradia há oito anos. “É um privilégio, um momento único. Não só eu, mas muitas famílias
esperaram por isso. Estou com meu coração transbordando de felicidade. Um misto de choro e de alegria”, comemorou.

O residencial conta com playground infantil. Nos arredores, há creche, escola, posto de saúde e de segurança.

Casa Verde e Amarela

Empenhado em reduzir o déficit habitacional, o Governo Federal retomou obras, ampliou o programa nacional de Habitação – o Casa Verde e Amarela – e rompeu, em outubro deste ano, a barreira de 1,2 milhão de unidades entregues à população desde 2019. Apenas este ano, foram mais de 345,6 mil moradias, que realizaram o sonho da casa própria para mais de 1 milhão de pessoas.
 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Mais de 150 famílias de baixa renda de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, receberam as chaves da casa própria nesta sexta-feira, 17 de dezembro. O Governo Federal inaugurou o Residencial Santa Luzia, que integra o Programa Casa Verde e Amarela e vai beneficiar cerca de 600 pessoas. 

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, participou da cerimônia de entrega das chaves. Ele destacou o papel que o programa habitacional exerce na vida da população mais vulnerável. 

TEC./SONORA: Rogério Marinho, ministro MDR
“Um momento como esse é especial para nós, porque dá significado a tudo o que fazemos. Quando a gente vem entregar uma moradia, nós sabemos que muto mais do que pedra, cal, tijolo, vidro, cimento, a gente está entregando dignidade, cidadania, respeito.”

LOC.: A obra do Residencial foi contratada em 2013, paralisada em 2018 e retomada em 2020, após aporte de mais de 2 milhões de reais do Governo Federal. O investimento total no empreendimento foi de quase 12 milhões. 

O condomínio conta com infraestrutura completa de água, esgoto, iluminação pública, energia elétrica e drenagem. 

A artesã Nilva Fracaro foi uma das beneficiadas com o novo apartamento. Emocionada, ela contou que esperava na fila por uma moradia há oito anos. 

TEC./SONORA: Nilva Fracaro, artesã
“É um privilégio. É um momento único, não só eu, mas muitas famílias esperaram por isso. Estou com meu coração transbordando de felicidade. Um misto de felicidade, de choro e de alegria. É tudo isso.”

LOC.: Um dos diferenciais do residencial são os serviços públicos. Nos arredores, há creche, escola, posto de saúde e de segurança. 

Para saber mais sobre o Programa Casa Verde e Amarela e outras ações de Habitação do Governo Federal, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Roberto Wagner