Foto: Divulgação / SLU
Foto: Divulgação / SLU

Distrito Federal eliminou 10 áreas de descarte irregular de lixo desde janeiro

A iniciativa faz parte do programa De Cara Nova, conduzido pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Mais de 7 mil toneladas de resíduos e entulhos foram removidas de depósitos irregulares em cerca de 10 regiões administrativas


Desde janeiro de 2023, foram eliminadas 10 áreas de descarte irregular no Distrito Federal. A iniciativa faz parte do programa De Cara Nova, conduzido pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Mais de 7 mil toneladas de resíduos e entulhos foram removidas de depósitos irregulares situados no Paranoá, Santa Maria, Samambaia, Ceilândia, Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Varjão, Brazlândia e Itapoã.

A chefe da unidade de Medição e Monitoramento do SLU, Andréa Almeida, comenta que o projeto de Cara Nova é uma iniciativa que dá visibilidade a um trabalho que já é feito diariamente pelo SLU. Segundo Andréa, o serviço recolhe diariamente mais de 2 mil toneladas de destaque irregular que são feitos em via pública. 

“E o de cara nova, além da limpeza, ele também faz um trabalho de urbanização e educação ambiental com a população em torno do local, além do que envolve toda a comunidade”, avalia. 

De acordo com estimativas do SLU, o custo mensal relacionado ao recolhimento de entulhos de construção e outros tipos de lixo descartados irregularmente é de aproximadamente R$ 20 milhões. Além disso, áreas com acúmulo de resíduos podem favorecer o surgimento e multiplicação de vetores de doenças, incluindo o mosquito Aedes aegypti, baratas e escorpiões.

“O SLU realiza ações diariamente que contribuem para o bem-estar da população e também para a qualidade de vida e meio ambiente. Recolhemos por dia mais de 4,2 mil toneladas de resíduos convencionais, seletivos, descartes irregulares e também fazemos ações de conscientização”, explica a chefe da unidade.

Andréa Almeida pontua que o SLU também promove a campanha Cartão Verde. Uma iniciativa que distribui cartões vermelho, verde e amarelo, de acordo com o grau de separação de lixo da pessoa. Com isso, é incentivado o descarte correto de resíduos.

Aplicativo SLU Coleta DF

É possível saber em quais dias e horários haverá o recolhimento do lixo na sua residência. Basta acessar o aplicativo SLU Coleta DF, digitar seu CEP e a plataforma irá informar os dias e horários das coletas.

No aplicativo também há a orientação de como fazer o descarte correto de diversos materiais, sejam seletivos, de coleta convencional, podas, volumosas ou outros materiais que fazem parte da logística reversa. 
 

Veja Mais:

Distrito Federal registra 1.060 novos casos de Covid-19, em apenas sete dias
DF: governo disponibiliza R$ 23,3 milhões em insumos de cooperativas do DF e entorno para merenda escolar
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Desde janeiro de 2023, foram eliminadas 10 áreas de descarte irregular no Distrito Federal. A iniciativa faz parte do programa De Cara Nova, conduzido pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Mais de 7 mil toneladas de resíduos e entulhos foram removidas de depósitos irregulares situados no Paranoá, Santa Maria, Samambaia, Ceilândia, Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Varjão, Brazlândia e Itapoã.

A chefe da unidade de Medição e Monitoramento do SLU, Andréa Almeida .comenta que o projeto de Cara Nova é uma iniciativa que dá visibilidade a um trabalho que já é feito diariamente pelo SLU. Segundo Andréa, o serviço recolhe diariamente mais de 2 mil toneladas de destaque irregular que são feitos em via pública. 
 

TEC./SONORA: Andréa Almeida - SLU

“E o de cara nova, além da limpeza, ele também faz um trabalho de urbanização e educação ambiental com a população em torno do local, além do que envolve toda a comunidade.”
 


LOC.: De acordo com estimativas do SLU, o custo mensal relacionado ao recolhimento de entulhos de construção e outros tipos de lixo descartados irregularmente é de aproximadamente R$ 20 milhões. Além disso, áreas com acúmulo de resíduos podem favorecer o surgimento e multiplicação de vetores de doenças, incluindo o mosquito Aedes aegypti, baratas e escorpiões.

Andréa Almeida explica que o SLU também promove a campanha Cartão Verde. Uma iniciativa que distribui cartões vermelho, verde e amarelo, de acordo com o grau de separação de lixo da pessoa. Com isso, é incentivado o descarte correto de resíduos.
 

TEC./SONORA: Andréa Almeida - SLU

“O SLU realiza ações diariamente que contribuem para o bem-estar da população e também para a qualidade de vida e meio ambiente. Recolhemos por dia mais de 4,2 mil toneladas de resíduos convencionais, seletivos, descartes irregulares e também fazemos ações de conscientização.”
 


LOC.: É possível saber em quais dias e horários haverá o recolhimento do lixo na sua residência. Basta acessar o aplicativo SLU Coleta DF, digitar seu CEP e a plataforma irá informar os dias e horários das coletas.

Reportagem, Sophia Stein