Reprodução Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações
Reprodução Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações

Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em mais três municípios do Amazonas

Já são 39 as cidades amazonenses que obtiveram o reconhecimento federal devido às inundações que atingem o estado


A Defesa Civil Nacional reconheceu nesta sexta-feira, 18 de junho, a situação de emergência em mais três municípios do estado do Amazonas. São eles: Iranduba, Silves e Uarini. Agora, já são 39 as cidades amazonenses que obtiveram o reconhecimento federal devido às inundações que atingem o estado.

Desde março, o estado já recebeu quase trinta milhões de reais do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, para mitigar os impactos das chuvas intensas e inundações.

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, esteve em Manaus, Anamã e Manacapuru para ver de perto as consequências do transbordamento dos rios e auxiliar as prefeituras na solicitação de reconhecimento de situação de emergência e de liberação de verba para atendimento à população afetada. Ele conta que a situação no estado continua sendo acompanhada de perto pelo MDR.

"Estamos presentes no Amazonas, ainda, com os municípios que ainda estão decretando situação de emergência e vamos acompanhar até que o desastre se encerre e que possamos restabelecer os serviços essenciais daquela cidade" 

Além das cidades no Amazonas, a Defesa Civil Nacional também reconheceu a situação de emergência em municípios de outros sete estados atingidos por desastres naturais.

Para saber mais sobre as ações de defesa civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: A Defesa Civil Nacional reconheceu nesta sexta-feira, 18 de junho, a situação de emergência em mais três municípios do estado do Amazonas. São eles: Iranduba, Silves e Uarini. Agora, já são 39 as cidades amazonenses que obtiveram o reconhecimento federal devido às inundações que atingem o estado.

Desde março, o estado já recebeu quase trinta milhões de reais do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, para mitigar os impactos das chuvas intensas e inundações.

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, esteve em Manaus, Anamã e Manacapuru para ver de perto as consequências do transbordamento dos rios e auxiliar as prefeituras na solicitação de reconhecimento de situação de emergência e de liberação de verba para atendimento à população afetada. Ele conta que a situação no estado continua sendo acompanhada de perto pelo MDR.

SONORA ALEXANDRE LUCAS (0'51/1'07)
"Estamos presentes no Amazonas, ainda, com os municípios que ainda estão decretando situação de emergência e vamos acompanhar até que o desastre se encerre e que possamos restabelecer os serviços essenciais daquela cidade" 

LOC: Além das cidades no Amazonas, a Defesa Civil Nacional também reconheceu a situação de emergência em municípios de outros sete estados atingidos por desastres naturais.

Para saber mais sobre as ações de defesa civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Hermano Freitas