Foto: MDR
Foto: MDR

Fortaleza e Camocim receberão R$ 382,8 mil para obras de saneamento

Recursos serão destinados a ações de esgotamento sanitário e abastecimento de água em Fortaleza e Camocim


Os municípios de Fortaleza e Camocim, no Ceará, vão receber R$ 382,8 mil do Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), para dar continuidade a obras de saneamento básico. O repasse foi autorizado nesta terça-feira (8) e vai beneficiar 54,7 mil famílias.

A capital Fortaleza vai receber R$ 285,9 mil para melhorias no sistema adutor e de reservação de água do Taquarão, beneficiando mais de 42 mil famílias. Já em Camocim, R$ 96,9 mil serão utilizados na ampliação do sistema de esgotamento sanitário em sete bacias da cidade, atendendo 12,6 mil famílias.

“Nós sabemos o benefício que o tratamento de água, de esgotos, a canalização adequada dos córregos propicia às cidades. Então, estamos fazendo todo o esforço para que não haja nenhuma interrupção do cronograma físico-financeiro dessas obras”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “Esperamos brevemente concluir essas obras e que elas sirvam à população”, completa.

Nesta terça-feira (8), além do Ceará, foram disponibilizados recursos para Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. O repasse total é de mais de R$ 17 milhões.

Governo Federal faz distinção a entidades que apoiam projetos de revitalização de bacias pelo País

SANEAMENTO: Governo Federal lança segundo diagnóstico sobre serviços de drenagem e manejo de águas pluviais urbanas no Brasil

Investimentos

Desde janeiro deste ano, R$ 102,1 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) foram empenhados e R$ 121,6 milhões foram repassados pelo MDR para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico pelo País. Outros R$ 167 milhões foram pagos para financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de outros fundos federais financiadores.

Atualmente, a carteira de obras e projetos da Pasta no setor – contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados – é de 1.101 projetos, somando um total de R$ 42,22 bilhões, sendo R$ 25,18 bilhões de financiamentos e R$ 17,04 bilhões de OGU.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: As cidades de Fortaleza e Camocim, no Ceará, vão receber mais de 380 mil reais para investir em obras de saneamento básico. Os recursos serão repassados pelo Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR.

A maior parte dos recursos será destinada a melhorias no sistema adutor e de reservação de água do Taquarão, na capital Fortaleza. Nessas ações, que vão beneficiar mais de 40 mil famílias, serão investidos 285 mil reais.

Já em Camocim, os 97 mil reais repassados pela União vão possibilitar a ampliação do sistema de esgotamento sanitário em sete bacias da cidade, atendendo cerca de 13 mil famílias.

Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional, destaca a importância de se investir em saneamento básico. 

TEC./SONORA: Rogério Marinho, ministro MDR
“Nós sabemos o benefício que o tratamento de água, de esgotos, a canalização adequada dos córregos propicia às cidades. Então, nós estamos fazendo todo o esforço para que não haja nenhuma interrupção do cronograma físico-financeiro dessas obras”

LOC: Nesta terça-feira, o Governo Federal destinou, no total, mais de 17 milhões de reais para a continuidade de obras de saneamento no Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. 

Para saber mais sobre as ações do Governo Federal em Saneamento Básico, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Manuela Rolim