Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Afetada por fortes chuvas, Divisópolis (MG) recebe R$ 523 mil do Governo Federal

Até o momento, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) já garantiu aproximadamente R$ 48 milhões ações de defesa civil em Minas Gerais


O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), repassou, nesta sexta-feira (21), R$ 523 mil ao município de Divisópolis, em Minas Gerais, afetado por fortes chuvas e enxurradas. A portaria que autoriza o repasse foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).  

Os recursos serão utilizados para transporte e compra de cestas básicas e colchões. Ao todo, cerca de 4,5 mil pessoas serão beneficiadas com o repasse.
Nesta sexta, o MDR também reconheceu a situação de emergência em mais duas cidades mineiras atingidas pelas chuvas. São elas: Matias Cardoso e São João do Paraíso. Confira portaria do DOU neste link. 

Até o momento, o MDR já garantiu aproximadamente R$ 48 milhões para ações de defesa civil no estado. Os recursos aprovados são para socorro e assistência humanitária, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de infraestrutura danificada. Minas Gerais, está, atualmente, com 364 municípios com a situação de emergência reconhecida em razão das fortes chuvas.

Confira neste link as ações da Defesa Civil Nacional para apoiar os municípios brasileiros afetados pelas chuvas.
 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.:  O Governo Federal repassou nesta sexta-feira, 21 de janeiro, mais de 520 mil reais à cidade de Divisópolis, em Minas Gerais, afetada por fortes chuvas e enxurradas.

Os recursos serão utilizados para transporte e compra de cestas básicas e colchões. Mais de 4 mil e quinhentas pessoas serão beneficiadas com o repasse. 

Nesta sexta-feira, o Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, também reconheceu a situação de emergência em outras duas cidades mineiras atingidas pelas chuvas. São elas: Matias Cardoso e São João do Paraíso. 

Até o momento, o MDR já garantiu aproximadamente 48 milhões de reais para ações de defesa civil no estado. Os recursos são para socorro e assistência humanitária, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de infraestrutura danificada. 

Minas Gerais, está, atualmente, com 364 municípios com a situação de emergência reconhecida em razão das fortes chuvas. 

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, explica como funciona o processo de reconhecimento de situação de emergência e de liberação de recursos federais para ajudar as regiões afetadas por desastres. 

TEC./SONORA: Cel. Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil
"O reconhecimento tem o papel de alterar processos administrativos e jurídicos e acelerar processos para a resposta ao desastre, além de permitir a liberação de uma série de recursos. Para isso, é preciso que o estado ou o município decrete a situação de emergência ou de calamidade pública e insira essa documentação no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). A partir disso, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) publica uma portaria e o ente federativo está apto a solicitar recursos."

LOC.: O Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, o S2ID, pode ser acessado em s2id.mi.gov.br.

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em Proteção e Defesa Civil, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Manuela Rolim