SAÚDE: Consumo diário de vitamina D pode prevenir doenças cardíacas, segundo estudo

O estudo foi divulgado na conferência anual da Sociedade de Endocrinologia em Edimburgo, na Escócia

 

Salvar imagem

REPÓRTER: O consumo diário de suplemento de vitamina D pode prevenir a manifestação de doenças cardíacas. Essa informação é de uma pesquisa apresentada na conferência anual da Sociedade de Endocrinologia em Edimburgo, na Escócia. Os estudos sugerem que a vitamina D é capaz de bloquear uma enzima que ajuda na formação do cortisol, conhecido como “hormônio do estresse”, que em grande quantidade pode elevar a pressão arterial. Assim, a falta de produção de cortisol poderia melhorar a performance em atividades físicas e diminuir os riscos para doenças cardiovasculares. Por isso, pesquisadores da Universidade Queen Margaret, em Edimburgo, resolveram testar a hipótese e deram doses de vitamina D para 13 voluntários durante um período de duas semanas, e neste período eles apresentaram níveis mais baixos de pressão arterial e cortisol, em relação a outro grupo que estava recebendo um medicamento neutro, sem reações. O Sol é responsável por cerca de 90 por cento da obtenção de vitamina D pelo homem. Já os outros 10 por cento podem ser adquiridos pelo consumo de alimentos como leite, gema de ovo, manteiga e peixes de água fria, como bacalhau e salmão.

 

Reportagem, Sara Rodrigues

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.