Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Governo lança programa de revitalização de bacias hidrográficas

Programa Águas Brasileiras selecionou 26 projetos de revitalização, contemplando mais de 250 municípios, com ações como o plantio de 100 milhões de mudas


O governo federal lançou um programa de revitalização de bacias hidrográficas nesta segunda-feira (22). O Programa Águas Brasileiras selecionou 26 projetos de revitalização, com ações como o plantio de 100 milhões de mudas ao longo das bacias dos rios São Francisco, Parnaíba, Tocantins e Taquari.

A ideia é contemplar mais de 250 municípios, de dez estados, sob coordenação do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). A cerimônia de lançamento do projeto foi planejada para o Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março.

No Dia Mundial da Água projetos que garantem renda e preservação são destaques

Além do plantio de árvores, também estão previstas ações que integram ministérios, como o do Meio Ambiente, da Ciência, Tecnologia e Inovações e da Agricultura, Pecuária e Pesca. 

O ministro Marcos Pontes, por exemplo, da pasta da Ciência, anunciou durante a cerimônia que o ministério abriu uma linha de crédito para o desenvolvimento de tecnologias que tratem de temas como poluição, tratamento de resíduos sólidos e conservação da água.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

O governo federal lançou um programa de revitalização de bacias hidrográficas nesta segunda-feira (22). O Programa Águas Brasileiras selecionou 26 projetos de revitalização, com ações como o plantio de 100 milhões de mudas ao longo das bacias dos rios São Francisco, Parnaíba, Tocantins e Taquari.

A ideia é contemplar mais de 250 municípios, de dez estados, sob coordenação do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). A cerimônia de lançamento do projeto foi planejada para o Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março.

Além do plantio de árvores, também estão previstas ações que integram ministérios. O ministro Marcos Pontes, por exemplo, da pasta da da Ciência, Tecnologia e Inovações, anunciou durante a cerimônia que o ministério abriu uma linha de crédito para o desenvolvimento de tecnologias que tratem de temas como poluição, tratamento de resíduos sólidos e conservação da água.