Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Foto: Erasmo Salomão / ASCOM MS

ASSISTÊNCIA: Recursos federais ajudam a comprar cadeiras de rodas no DF

As pessoas que vivem no Distrito Federal e tem dificuldade de se locomover, terão uma melhoria na qualidade de vida.


As pessoas que vivem no Distrito Federal e tem dificuldade de se locomover, terão uma melhoria na qualidade de vida. 312 cadeiras de rodas de diferentes modelos e funcionalidade foram entregues nesta segunda-feira a usuários do SUS. Outras 1.645 estão em processo de compra. Nesse primeiro momento, serão atendidos os pacientes tratados em domicilio, cadastrados e avaliados pelo Núcleo de Atendimento Ambulatorial de Órteses e Próteses da Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Esse é o caso da menina Helena Vitória, uma das beneficiadas. Durante a solenidade que marcou a entrega das cadeiras, a garota se emocionou ao falar da iniciativa.

“Eu me sinto muito feliz com a minha nova cadeira de rodas, que o governo me deu. Me sinto muito grata por estar participando desse evento. Eu me sinto muito feliz por representar todas as crianças que têm limitações”.

Esse reforço foi realizado graças a um repasse de R$ 1.7 milhão do Ministério da Saúde ao Governo do Distrito Federal (GDF) e vai atender a necessidade da população que é assistida pela Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. O Secretário Executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, falou sobre a importância de um bom gerenciamento das políticas públicas que fortalecem o SUS.

“A gente também acredita que o Brasil vai crescer, o Brasil vai arrecadar mais, que os recursos da Saúde vão aumentar e com isso a gente possa, no futuro, de dois anos, três anos, atender a demanda existente. Eu queria, por último, deixar os nossos comprimentos às famílias dessas crianças, dos pacientes que estão aqui recebendo hoje as cadeiras, que nós vamos fazer um esforço para apressar ao máximo o fornecimento de todas essas necessidades que vocês têm”.

Em 2019, o Ministério da Saúde repassou R$ 37 milhões para aquisição de cadeiras de rodas conforme procedimentos estabelecidos na tabela SUS, em todo o país. Dessa forma foram compradas 42 mil e 241 cadeiras de rodas para assistência às pessoas com deficiência em todos os estados e Distrito Federal. 

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

As pessoas que vivem no Distrito Federal e tem dificuldade de se locomover, terão uma melhoria na qualidade de vida. 312 cadeiras de rodas de diferentes modelos e funcionalidade foram entregues nesta segunda-feira a usuários do SUS. Outras 1.645 estão em processo de compra. Nesse primeiro momento, serão atendidos os pacientes tratados em domicilio, cadastrados e avaliados pelo Núcleo de Atendimento Ambulatorial de Órteses e Próteses da Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Esse é o caso da menina Helena Vitória, uma das beneficiadas. Durante a solenidade que marcou a entrega das cadeiras, a garota se emocionou ao falar da iniciativa.

“Eu me sinto muito feliz com a minha nova cadeira de rodas, que o governo me deu. Me sinto muito grata por estar participando desse evento. Eu me sinto muito feliz por representar todas as crianças que têm limitações”.

Esse reforço foi realizado graças a um repasse de R$ 1.7 milhão do Ministério da Saúde ao Governo do Distrito Federal (GDF) e vai atender a necessidade da população que é assistida pela Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. O Secretário Executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, falou sobre a importância de um bom gerenciamento das políticas públicas que fortalecem o SUS.

“A gente também acredita que o Brasil vai crescer, o Brasil vai arrecadar mais, que os recursos da Saúde vão aumentar e com isso a gente possa, no futuro, de dois anos, três anos, atender a demanda existente. Eu queria, por último, deixar os nossos comprimentos às famílias dessas crianças, dos pacientes que estão aqui recebendo hoje as cadeiras, que nós vamos fazer um esforço para apressar ao máximo o fornecimento de todas essas necessidades que vocês têm”.

Em 2019, o Ministério da Saúde repassou R$ 37 milhões para aquisição de cadeiras de rodas conforme procedimentos estabelecidos na tabela SUS, em todo o país. Dessa forma foram compradas 42 mil e 241 cadeiras de rodas para assistência às pessoas com deficiência em todos os estados e Distrito Federal.