Foto: Diogo Moreira/Divulgação Governo de São Paulo
Foto: Diogo Moreira/Divulgação Governo de São Paulo

Preço dos aluguéis residenciais cai em junho

Índice mensurado pela FGV-IBRE variou -0,48% em junho


O preço dos aluguéis residenciais caiu 0,48% em junho, de acordo com o Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR). 

Este valor é maior que a queda de 0,06% registrada no mês anterior. 

Porém, a taxa acumulada é de 7,96% em junho de 2023. 

Entre maio e junho, três cidades apresentaram queda na taxa de variação. São elas Belo Horizonte (-4,98%), Rio de Janeiro (-2,77%) e Porto Alegre (-0,13%). 

Somente São Paulo teve acréscimo no preço do aluguel, em 1,54%. 

O Índice, que é divulgado pelo Instituto Brasileiro de Economia, FGV-IBRE, mede a evolução mensal dos valores de aluguéis residenciais em quatro capitais principais do país. 

Neste mês, o índice acompanhou o principal fator de reajuste de aluguéis no país, que é o IGP-M. Este também teve queda em junho. 
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O preço dos aluguéis residenciais caiu 0,48% em junho, de acordo com o Índice de Variação de Aluguéis Residenciais. 

Este valor é maior que a queda de 0,06% registrada no mês anterior. 

Porém, a taxa acumulada é de 7,96% em junho de 2023. 

Entre maio e junho, três cidades apresentaram queda na taxa de variação. São elas Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Porto Alegre. 

Somente São Paulo teve acréscimo no preço do aluguel, em 1,54%. 

O Índice, que é divulgado pelo Instituto Brasileiro de Economia, FGV-IBRE, mede a evolução mensal dos valores de aluguéis residenciais em quatro capitais principais do país. 

Neste mês, o índice acompanhou o principal fator de reajuste de aluguéis no país, que é o IGP-M. Este também teve queda em junho. 

Reportagem, Luigi Mauri, narração, Sophia Stein.