Distribuição de água potável ajuda a mitigar efeitos da seca. Foto: Arquivo/Agência Brasil
Distribuição de água potável ajuda a mitigar efeitos da seca. Foto: Arquivo/Agência Brasil

Minas Gerais tem 135 municípios em situação de seca; informa Defesa Civil

Governo distribui mais de 136 mil metros cúbicos de água potável para diminuir os danos da estiagem

ÚLTIMAS SOBRE MINAS GERAIS


De acordo com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec - MG), 135 municípios do estado estão em situação de emergência devido à estiagem. A maior parte das cidades está localizada nas regiões do norte de Minas, Vale do Jequitinhonha e Vale do Mucuri, áreas do semiárido mineiro.

Superintendente de Gestão de Desastres da Cedec, o major Luís Antônio e Silva explica que apesar de muitos municípios estarem em emergência, não significa que a seca está mais ou menos grave na comparação com o mesmo período em anos anteriores.

“Ano passado, por exemplo, nós tivemos 147 municípios com decreto de situação de emergência em virtude seca. Esse ano, até o momento, nós temos 135. O que nós percebemos é que com a influência do El Niño, nós vemos uma onda de calor maior. A expectativa é que tenhamos temperaturas mais elevadas e umidade relativa do ar mais baixa”, informa Silva.

Com o objetivo de reduzir os impactos da seca em Minas Gerais, entre abril e outubro, mais de 136 mil metros cúbicos de água potável foram distribuídos para 944 comunidades, beneficiando cerca de 98 mil pessoas em 69 municípios. “Um total de 86 caminhões foram usados para o transporte e cerca de 9.430 cestas básicas foram entregues a 104 municípios afetados pela seca”, destaca o superintendente.

Além disso, a Defesa Civil trabalhou com ações preventivas em julho deste ano, com a distribuição de 15 kits contendo uma viatura 4x4, um notebook, uma trena digital e coletes reflexivos aos municípios. As cidades que receberem foram foram Raposos, São Joaquim de Bicas, Jaboticatubas, Perdões, Conceição do Pará, Capelinha, Pocrane, Poço Fundo, Pará de Minas, Coroaci, Nova Lima, Patrocínio, Conceição das Alagoas, Ipatinga e Malacacheta.

Previsão do tempo para os próximos dias

A meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Andrea Ramos informa que, ao longo da semana, as chuvas em Minas Gerais ocorreram devido às instabilidades ocasionadas pela influência de uma frente fria. 

“Na quarta-feira (18),  já com a influência da frente fria, previsão de muitas nuvens, pancadas de chuvas e trovoadas isoladas e possibilidade de queda de granizo em praticamente todo o estado,  exceto no noroeste do estado”, destaca.

De acordo com ela, no noroeste de Minas Gerais, persiste com temperaturas elevadas e baixa umidade, que pode chegar a valores abaixo de 20%, devido à massa de ar seco. Ramos ainda explica que na quinta-feira (19), as chuvas ainda estarão presentes no sul e centro do estado, enquanto que no norte, segue um tempo sem possibilidades de chuvas.

“Na sexta-feira, persiste um tempo com muitas nuvens a nublado, com chuvas no sul do estado, enquanto que as chuvas isoladas podem acontecer nas demais áreas do estado, inclusive no norte mas. O extremo norte do estado não recebe chuvas, mantendo o calor e baixa umidade”, completa.

Programa Água Doce

O Programa Água Doce é uma parceria do governo federal e órgãos estaduais para recuperar postos e construir sistemas de dessalinização de água, beneficiando populações do semiárido. Em 2023, 59 obras estão em fase final, com 24 sistemas já distribuindo água de qualidade, atendendo cerca de 10 mil pessoas com mais de 1,3 milhão de litros de água distribuídos desde o início do ano.

Veja os municípios mineiros em situação de emergência:

  • Águas Vermelhas
  • Almenara
  • Angelândia
  • Araçuaí
  • Aricanduva
  • Arinos
  • Augusto de Lima
  • Berilo
  • Berizal
  • Bocaiúva
  • Bonito de Minas
  • Botumirim
  • Brasília de Minas
  • Buenópolis
  • Buritizeiro
  • Cachoeira de Pajeú
  • Campo Azul
  • Capitão Enéas
  • Caraí
  • Carbonita
  • Catuji
  • Catuti
  • Chapada do Norte
  • Chapada Gaúcha
  • Claro dos Poções
  • Cônego Marinho
  • Coração de Jesus
  • Coronel Murta
  • Cristália
  • Curral de Dentro
  • Divisa Alegre
  • Divisópolis
  • Engenheiro Navarro
  • Espinosa
  • Felisburgo
  • Francisco Dumont
  • Francisco Sá
  • Fruta de Leite
  • Gameleiras
  • Glaucilândia
  • Grão Mogol
  • Guaraciama
  • Ibiaí
  • Ibiracatu
  • Icaraí de Minas
  • Indaiabira
  • Itacambira
  • Itacarambi
  • Itambacuri
  • Itaobim
  • Itinga
  • Jacinto
  • Jaíba
  • Janaúba
  • Januária
  • Japonvar
  • Jenipapo de Minas
  • Jequitaí
  • Jequitinhonha
  • Joaíma
  • Joaquim Felício
  • Jordânia
  • José Gonçalves de Minas
  • Josenópolis
  • Juramento
  • Juvenília
  • Ladainha
  • Lagoa dos Patos
  • Lassance
  • Lontra
  • Luislândia
  • Malacacheta
  • Mamonas
  • Manga
  • Matias Cardoso
  • Mato Verde
  • Minas Novas
  • Mirabela
  • Miravânia
  • Montalvânia
  • Monte Azul
  • Monte Formoso
  • Montes Claros
  • Montezuma
  • Ninheira
  • Nova Porteirinha
  • Novo Cruzeiro
  • Novo Oriente de Minas
  • Novorizonte
  • Olhos-d'Água
  • Padre Carvalho
  • Padre Carvalho
  • Padre Paraíso
  • Pai Pedro
  • Patis
  • Pedra Azul
  • Pedras de Maria da Cruz
  • Pintópolis
  • Pirapora
  • Ponto Chique
  • Ponto dos Volantes
  • Porteirinha
  • Poté
  • Riachinho
  • Riacho dos Machados
  • Rio Pardo de Minas
  • Rubelita
  • Rubim
  • Salinas
  • Santa Cruz de Salinas
  • Santa Fé de Minas
  • Santa Helena de Minas
  • Santo Antônio do Retiro
  • São Francisco
  • São João da Lagoa
  • São João da Ponte
  • São João das Missões
  • São João do Pacuí
  • São João do Paraíso
  • São José do Jacuri
  • São Romão
  • Serranópolis de Minas
  • Setubinha
  • Taiobeiras
  • Turmalina
  • Ubaí
  • Uruana de Minas
  • Urucuia
  • Vargem Grande do Rio Pardo
  • Várzea da Palma
  • Varzelândia
  • Verdelândia
  • Veredinha
  • Virgem da Lapa

Leia mais:

MG: Programa Água Doce deve levar água potável com qualidade para 26 municípios mineiros

MG: Provias está recuperando cerca de 3,5 mil quilômetros de rodovias no estado
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais, Cedec, 135 municípios do estado estão em situação de emergência devido à seca. A maioria dessas cidades está localizada nas regiões do norte de Minas, Vale do Jequitinhonha e Vale do Mucuri, áreas do semiárido mineiro.

O superintendente de Gestão de Desastres da Cedec, major Luís Antônio e Silva, explica que, embora muitos municípios estejam em estado de emergência, isso não indica necessariamente que a seca seja mais ou menos grave em comparação com o mesmo período de anos anteriores.

TEC./SONORA: Superintendente de Gestão de Desastres da Cedec, major Luís Antônio e Silva

“Ano passado, por exemplo, nós tivemos 147 municípios com decreto de situação de emergência em virtude da seca. Esse ano, até o momento, nós temos 135. O que nós percebemos é que com a influência do El Niño, nós vemos uma onda de calor maior. A expectativa é que tenhamos temperaturas mais elevadas e umidade relativa do ar mais baixa."


LOC.: Com o objetivo de reduzir os impactos da seca em Minas Gerais,  a Defesa Civil trabalhou com ações preventivas em julho deste ano, com a distribuição de 15 kits para os municípios Raposos, São Joaquim de Bicas, Jaboticatubas, Perdões, Conceição do Pará, Capelinha, Pocrane, Poço Fundo, Pará de Minas, Coroaci, Nova Lima, Patrocínio, Conceição das Alagoas, Ipatinga e Malacacheta.

Além disso, entre abril e outubro, mais de 136 mil metros cúbicos de água potável foram distribuídos para 944 comunidades, beneficiando cerca de 98 mil pessoas em 69 municípios.

TEC./SONORA: Superintendente de Gestão de Desastres da Cedec, major Luís Antônio e Silva

"Um total de 86 caminhões foram usados para o transporte. Além disso, cerca de 9.430 cestas básicas foram entregues a 104 municípios afetados pela seca.”


LOC.: A meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Andrea Ramos informa que, ao longo da semana, as chuvas em Minas Gerais ocorreram devido às instabilidades ocasionadas pela influência de uma frente fria. De acordo com ela, a previsão do tempo para esta sexta-feira (20) é de muitas nuvens a nublado, com chuvas no sul do estado. As chuvas isoladas podem acontecer nas demais áreas do estado, inclusive no norte. O extremo norte do estado não recebe chuvas, mantendo o calor e baixa umidade.

Todos os municípios em estado de emergência estão listados no portal www.gabinetemilitar.mg.gov.br.

Reportagem, Nathália Guimarães