Foto: IPEA
Foto: IPEA

Defesa Civil Nacional vai repassar mais de R$ 3,5 milhão a cinco cidades atingidas por inundações na região Norte

As cidades usarão os recursos na compra de kits de alimentação, higiene, limpeza e dormitório, além de combustível, cestas básicas e aluguel de embarcações


A Defesa Civil Nacional vai repassar mais de três milhões e meio de reais a cinco cidades atingidas por inundações na região Norte.

No Pará, serão beneficiadas as cidades de Alenquer e Curuá. No Amazonas, os recursos irão para Santo Antônio do Iça e Urucará. E no Amapá, terá acesso ao apoio emergencial o município de Laranjal do Jari.

As cidades usarão os recursos na compra de kits de alimentação, higiene, limpeza e dormitório, além de combustível, cestas básicas e aluguel de embarcações.

Estados e municípios de todo o País podem solicitar recursos para resposta aos desastres naturais e reconstrução de infraestrutura pública danificada.

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, explica como deve ser feito o pedido.

“Os municípios de todo o Brasil podem acessar recursos para resposta aos desastres. É importante que o prefeito ou o governador decrete situação de emergência, encaminhe a documentação via S2ID para que possamos apoiar com nossos recursos.”

O S2iD é o Sistema Integrado de Informações sobre Desastres. A ferramenta pode ser acessada em s2id.mi.gov.br. 

Com o repasse desta terça-feira, 15 de junho, a região Norte do país já recebeu quase quarenta e oito milhões e meio de reais da Defesa Civil Nacional em 2021. Foram quase 22 milhões de reais para o Amazonas, quinze milhões para o Acre, mais de oito milhões para o Pará e um milhão para o Amapá.

Para saber mais sobre as ações de defesa civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: A Defesa Civil Nacional vai repassar mais de três milhões e meio de reais a cinco cidades atingidas por inundações na região Norte.

No Pará, serão beneficiadas as cidades de Alenquer e Curuá. No Amazonas, os recursos irão para Santo Antônio do Iça e Urucará. E no Amapá, terá acesso ao apoio emergencial o município de Laranjal do Jari.

As cidades usarão os recursos na compra de kits de alimentação, higiene, limpeza e dormitório, além de combustível, cestas básicas e aluguel de embarcações.

Estados e municípios de todo o País podem solicitar recursos para resposta aos desastres naturais e reconstrução de infraestrutura pública danificada.

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, explica como deve ser feito o pedido.

TEC/SONORA: Alexandre Lucas, secretário

“Os municípios de todo o Brasil podem acessar recursos para resposta aos desastres. É importante que o prefeito ou o governador decrete situação de emergência, encaminhe a documentação via S2ID para que possamos apoiar com nossos recursos.”

LOC: O S2iD é o Sistema Integrado de Informações sobre Desastres. A ferramenta pode ser acessada em s2id.mi.gov.br. 

Com o repasse desta terça-feira, 15 de junho, a região Norte do país já recebeu quase quarenta e oito milhões e meio de reais da Defesa Civil Nacional em 2021. Foram quase 22 milhões de reais para o Amazonas, quinze milhões para o Acre, mais de oito milhões para o Pará e um milhão para o Amapá.

Para saber mais sobre as ações de defesa civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.