Foto: Divulgação/MDR
Foto: Divulgação/MDR

Defesa Civil Nacional alerta para previsão de chuvas intensas no Nordeste

Fortes chuvas devem atingir a região ao longo desta quarta (22) e quinta-feira (23). Os estados de Alagoas e Pernambuco devem ser os mais afetados


O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Defesa Civil Nacional, alerta para a previsão de chuvas intensas na região Nordeste ao longo desta quarta (22) e quinta-feira (23). Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os estados de Pernambuco e Alagoas devem ser os mais afetados e estão em alerta vermelho.

De acordo com o Inmet, os acumulados de chuvas nos dois estados podem ultrapassar 100 milímetros por dia, volume considerado muito extremo. Com isso, há risco elevado de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

Em Pernambuco, a Região Metropolitana do Recife, a mata e o agreste são as localidades com maior risco. Já em Alagoas, a situação deve ser mais crítica no leste, agreste e sertão.

Diante da previsão, o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), da Defesa Civil Nacional, opera com equipes de plantão para acompanhar o registro de qualquer ocorrência significativa.

O coordenador-geral de Gerenciamento de Desastres da Defesa Civil Nacional, Tiago Molina Schnorr, pede para que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar medidas de autoproteção.

“Quem mora em região com risco de inundação precisa ficar atento a qualquer sinal de avanço da água, inclusive dos rios. Já quem mora em locais com risco de deslizamentos, precisa verificar o aparecimento de trincas nas paredes e tomar cuidado com qualquer movimentação do terreno. Diante de qualquer indício, é preciso sair da residência imediatamente e procurar um local seguro”, observou.

Outros estados

Segundo o Inmet, também há previsão de chuvas intensas na Paraíba e no Rio Grande do Norte, com acumulados de 50 a 100 milímetros por dia. A mata e o agreste paraibanos, assim como o leste e o agreste potiguares, devem ser as regiões mais atingidas.

Da mesma forma, o Ceará pode registrar acumulados de até 50 milímetros por dia, especialmente no centro-sul, norte e sertão. O risco de alagamentos e deslizamentos no estado é menor.

Alertas

A Defesa Civil Nacional orienta os moradores das regiões de risco a se inscreverem nos serviços de alerta, enviando um SMS, com o CEP do local onde mora, para o número 40199. Em caso de desastre, a população receberá um aviso. Outra recomendação é ficar atento aos alertas publicados no Twitter da Defesa Civil Nacional (@defesacivilbr) e do Instituto Nacional de Meteorologia (@inmet_).

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: Você que mora no Nordeste do País, atenção! A Defesa Civil Nacional alerta para a previsão de chuvas intensas na região ao longo desta quarta-feira, 22, e quinta, 23 de junho. 

Segundo dados do Inmet, o Instituto Nacional de Meteorologia, os estados de Pernambuco e Alagoas devem ser os mais afetados. 

Os acumulados de chuvas nos dois estados podem ultrapassar 100 milímetros por dia, volume considerado muito extremo. Com isso, há risco elevado de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

Em Pernambuco, a Região Metropolitana do Recife, a mata e o agreste são as localidades com maior risco. Já em Alagoas, a situação deve ser mais crítica no leste, agreste e sertão.

Tiago Molina Schnorr, coordenador-geral de Gerenciamento de Desastres da Defesa Civil Nacional, destaca o que a população tem que fazer nessas situações.

TEC/SONORA: Tiago Molina Schnorr

“É importante que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar as medidas de autoproteção. Quem mora em região com risco de inundação, precisa ficar atento a qualquer sinal de avanço da água, inclusive, dos rios. Já quem mora em locais com risco de deslizamentos, precisa verificar o aparecimento de trincas nas paredes e tomar cuidado com qualquer movimentação do terreno. Diante de qualquer indício, é preciso sair da residência imediatamente e procurar um local seguro”

LOC: Também há previsão de chuvas na Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. 

A Defesa Civil Nacional orienta os moradores das regiões de risco a se inscreverem nos serviços de alerta, enviando um SMS, com o CEP do local onde mora, para o número 40199. Em caso de desastre, a população receberá um aviso. 

Outra recomendação é ficar atento aos alertas publicados no Twitter da Defesa Civil Nacional e do Inmet. 

Para saber mais sobre as ações do Governo Federal em Proteção e Defesa Civil, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Manuela Rolim