Região Urbana do Centro de Campo Grande (MS). Foto: Prefeitura de Campo Grande (MS)
Região Urbana do Centro de Campo Grande (MS). Foto: Prefeitura de Campo Grande (MS)

CAMPO GRANDE (MS): previstos R$ 86,8 mi para implantação de parque tecnológico

Recursos são provenientes do FGTS e serão disponibilizados por meio do Programa Pró-Cidades, do Ministério do Desenvolvimento Regional


A cidade de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, vai contar com R$ 86,8 milhões para a implantação de um parque tecnológico. O montante vai ser captado junto ao FGTS, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, por meio do Programa Pró-Cidades, do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR.

A proposta para a implantação do Parque Tecnológico e de Inovação de Campo Grande é centrada na requalificação da área histórica da Ferrovia Noroeste do Brasil. O objetivo é promover pesquisa e inovação, com a gestão voltada ao fomento e à atração de novas empresas de tecnologia.

A secretária nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano do MDR, Sandra Holanda, explica o alcance do Programa Pró-Cidades. "O Pró-Cidades é um programa do Governo Federal que, por meio do MDR, seleciona propostas de desenvolvimento urbano, que serão financiadas com recursos do FGTS. Espaços públicos podem ser qualificados, imóveis vazios e ociosos podem ser revitalizados, prioritariamente, para habitação de interesse social e também tecnologias para cidades inteligentes podem ser aplicadas. Para 2022, o orçamento disponibilizado é de R$ 2 bilhões e os proponentes podem enviar suas propostas que, após seleção, serão firmadas por contratos de financiamento."

Para saber mais sobre essa outras ações do Governo Federal em desenvolvimento regional, acesse mdr.gov.br.

 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

A cidade de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, vai contar com quase 87 milhões de reais para a implantação de um parque tecnológico. O montante vai ser captado junto ao FGTS, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, por meio do Programa Pró-Cidades, do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR.

A proposta para a implantação do Parque Tecnológico e de Inovação de Campo Grande é centrada na requalificação da área histórica da Ferrovia Noroeste do Brasil. O objetivo é promover pesquisa e inovação, com a gestão voltada ao fomento e à atração de novas empresas de tecnologia.

A secretária nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano do MDR, Sandra Holanda, explica o alcance do Programa Pró-Cidades.

SONORA SANDRA HOLANDA

"O Pró-Cidades é um programa do Governo Federal que, por meio do MDR, seleciona propostas de desenvolvimento urbano, que serão financiadas com recursos do FGTS. Espaços públicos podem ser qualificados, imóveis vazios e ociosos podem ser revitalizados, prioritariamente, para habitação de interesse social e também tecnologias para cidades inteligentes podem ser aplicadas. Para 2022, o orçamento disponibilizado é de R$ 2 bilhões e os proponentes podem enviar suas propostas que, após seleção, serão firmadas por contratos de financiamento."

LOC: Para saber mais sobre essa outras ações do Governo Federal em desenvolvimento regional, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Vicente Melo