Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Foto: Andrew H. Walker/Getty Images

Oscar 2019 tem recorde de prêmios entregues a negros e mulheres

Ruth Carter ganhou estatueta de Melhor Figurino e foi a primeira negra a levar o prêmio na categoria, assim como Hannah Beachler, na categoria Direção de Arte

Salvar imagemTexto para rádio

Na premiação mais importante do cinema mundial, a cerimônia do Oscar teve como destaque o recorde de prêmios entregues para profissionais negros, que ganharam 7 estatuetas na noite deste domingo (24). Outros 15 troféus foram distribuídos às mulheres.

Ruth Carter ganhou o Oscar de Melhor Figurino e foi a primeira negra a levar o prêmio nesta categoria. Outra vitória inédita veio com Hannah Beachler, a primeira mulher negra a ganhar em Direção de Arte.
Os prêmios da noite consagraram os filmes consagrou "Green Book: O Guia", "Roma" e "Bohemian Rhapsody".

"Green Book: O Guia" levou a estatueta de Melhor Filme. Além disso, também garantiu o prêmio nas categorias de Roteiro Adaptado e Ator Coadjuvante para Mahershala Ali.

A cinebiografia do Queen e de Freddie Mercury levou quatro estatuetas, incluindo de melhor ator para Rami Malek.

"Roma" deu três prêmios a Alfonso Cuarón, incluindo sua segunda estatueta como diretor, além do primeiro Oscar de Filme Estrangeiro para o México.

Como todo ano, a cerimônia teve seu momento de gafe. Rami Malek, após ser consagrado como Melhor Ator, caiu do palco na área da plateia. Segundo a revista People, apesar da queda, o ator e estatueta ficaram intactos.

Quem virou meme nas redes sociais por conta de suas reações foi Spike Lee. O diretor, lembrado pelas críticas ácidas, pulou no colo de Samuel L. Jackson ao receber o primeiro Oscar na categoria de Melhor Roteiro Adaptado por "Infiltrado na Klan". Depois, não escondeu a decepção ao ouvir o nome de "Green Book - o Guia" como Melhor Filme. Lee chegou a caminhar até o fundo do teatro e se manteve de costas para o palco durante o discurso do vencedor.

Outro momento que quebrou a internet foi durante a apresentação de Lady Gaga e Bradley Cooper. O par cantou 'Shallow' de rostinho colado e com troca de olhares. A canção, trilha sonora do filme “Nasce Uma Estrela”, deu à cantora o Oscar de Melhor Canção Original. Lady Gaga foi às lágrimas após levar a estatueta.
 

Fonte: Brasil 61

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Na premiação mais importante do cinema mundial, a cerimônia do Oscar teve como destaque o recorde de prêmios entregues para profissionais negros, que ganharam 7 estatuetas na noite deste domingo (24). Outros 15 troféus foram distribuídos às mulheres.

Ruth Carter ganhou o Oscar de Melhor Figurino e foi a primeira negra a levar o prêmio nesta categoria. Outra vitória inédita veio com Hannah Beachler, a primeira mulher negra a ganhar em Direção de Arte.
Os prêmios da noite consagraram os filmes consagrou "Green Book: O Guia", "Roma" e "Bohemian Rhapsody".

"Green Book: O Guia" levou a estatueta de Melhor Filme. Além disso, também garantiu o prêmio nas categorias de Roteiro Adaptado e Ator Coadjuvante para Mahershala Ali.

A cinebiografia do Queen e de Freddie Mercury levou quatro estatuetas, incluindo de melhor ator para Rami Malek.

"Roma" deu três prêmios a Alfonso Cuarón, incluindo sua segunda estatueta como diretor, além do primeiro Oscar de Filme Estrangeiro para o México.

Como todo ano, a cerimônia teve seu momento de gafe. Rami Malek, após ser consagrado como Melhor Ator, caiu do palco na área da plateia. Segundo a revista People, apesar da queda, o ator e estatueta ficaram intactos.

Quem virou meme nas redes sociais por conta de suas reações foi Spike Lee. O diretor, lembrado pelas críticas ácidas, pulou no colo de Samuel L. Jackson ao receber o primeiro Oscar na categoria de Melhor Roteiro Adaptado por "Infiltrado na Klan". Depois, não escondeu a decepção ao ouvir o nome de "Green Book - o Guia" como Melhor Filme. Lee chegou a caminhar até o fundo do teatro e se manteve de costas para o palco durante o discurso do vencedor.

Outro momento que quebrou a internet foi durante a apresentação de Lady Gaga e Bradley Cooper. O par cantou 'Shallow' de rostinho colado e com troca de olhares. A canção, trilha sonora do filme “Nasce Uma Estrela”, deu à cantora o Oscar de Melhor Canção Original. Lady Gaga foi às lágrimas após levar a estatueta.

Reportagem, Juliana Gonçalves