OLIMPÍADAS 2016: Brasil vai promover ações para prevenir doenças transmissíveis durante evento

A 494 dias Ministério da Saúde anuncia medidas para a prevenção de doenças como dengue, chikungunya, sarampo, gripe e aids

SalvarSalvar imagem

REPÓRTER: Faltam 494 dias para começar os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. E o Ministério da Saúde já anunciou algumas ações para prevenir a transmissão de doenças no período da competição. A dengue, chikungunya, aids , gripe, sarampo, ebola e outras doenças de interesse para a saúde pública vão ser monitoradas pelos agentes de vigilância. Além disso, as ações vão contar com o apoio das equipes da Força Nacional do SUS para emergências, desastres ou eventos intencionais envolvendo produtos químicos, biológicos, radiológicos ou nucleares. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, afirma que os turistas e todas as delegações participantes das Olimpíadas vão contar com as informações em saúde suficientes para aproveitar a competição.

SONORA: ministro da Saúde - Arthur Chioro

“Também faremos orientações prévias ás delegações, aos turistas. Nós vamos disponibilizar não só sites, mas também acesso por smartphones, por tecnologias digitais que possam orientar as pessoas de várias línguas. Nós trabalharemos também no sentido de garantir informação nos hotéis de tal maneira que não haja problema de desinformação, ou seja, que a informação seja feita de maneira acessível, de uma maneira compreensível que possa orientar as delegações, os turistas às questões mais importantes no que diz respeito à saúde.”

REPÓRTER: O ministro da Saúde, Arthur Chioro, reforçou que as ações de prevenção contra as doenças transmissíveis vão dar tranquilidade para todos que forem acompanhar a competição.

SONORA: ministro da Saúde - Arthur Chioro

“Nós manteremos profissionais não só na área de vigilância sanitária, vigilância de doenças, mas usando toda uma tecnologia de vigilância, tecnologia de informação com softwares específicos com orientação à atletas, delegações e turistas que possam garantir muita tranquilidade.”

REPÓRTER: A prevenção de doenças como a dengue, chikungunya, aids, gripe, sarampo e ebola, no período dos jogos olímpicos é apenas uma das ações de assistência e vigilância que o Ministério da Saúde vai realizar no ano que vem. Para saber as outras ações, acesse o site do Ministério da Saúde. O endereço é o www.saude.gov.br
 
Reportagem, Victor Maciel

Receba nossos conteúdos em primeira mão.