LEITE MATERNO: Tempo maior no aleitamento influencia na inteligência e renda, aponta pesquisa

Pesquisa mostra que nível de inteligência foi de 4 pontos a mais e alta de R$ 349 na renda média de quem mamou por menos tempo

SalvarSalvar imagem

REPÓRTER: Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul, constatou que quanto maior for o tempo de amamentação, maior vai ser o nível de inteligência e a renda na vida adulta. O estudo, publicado na última quarta-feira, acompanhou três mil e 500 recém-nascidos durante 30 anos. E mostrou que, uma criança amamentada por pelo menos um ano teve, aos trinta, quatro pontos a mais de nível de inteligência e um aumento de 349 reais na renda média. A vendedora, Valéria Maria dos Santos, por exemplo, amamentou a filha até os três anos e meio de idade. Ela acredita que o longo período da amamentação contribuiu para o sucesso do desenvolvimento da menina.

SONORA: vendedora – Valéria Maria dos Santos

 “Eu acho que sim! Ela é bem inteligente. Nisso aí ela sempre foi, mais esperta e habilidade em fazer alguma coisa, mas o que eu vejo mesmo são as alergias, essas coisas que ela não tem. Eu acho que é mais o leite materno e o carinho da mãe, a proximidade da mãe que tem com o seu filho na hora de amamentar.”

REPÓRTER: O coordenador-geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Paulo Bonilha, reforça que a amamentação por mais tempo traz benefícios físicos e emocionais para os filhos.

SONORA: coordenador-geral da Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde – Paulo Bonilha

"O aleitamento materno, desde o ponto de vista emocional tranquiliza o bebê. Do ponto de vista do vínculo da mãe com esse bebê e vice-versa, isso é muito favorecido. Vai fazer com que o vínculo, a relação de amor entre esse bebê e a sua mãe e vice-versa se fortaleça. Além do que, do ponto de vista nutricional, do ponto de vista, então, de ter os nutrientes que precisa para crescer, do ponto de vista imunológico, de proteção contra doenças. Então, o aleitamento materno é um exemplo do ponto de vista da influência sobre todos esses aspectos: emocional, intelectual e físico".

REPÓRTER: Para incentivar a amamentação exclusiva com leite materno nas crianças até os seis meses de idade, o Ministério da Saúde promove ações como a Campanha Nacional de Amamentação e a Campanha Nacional de Doação de Leite. Para saber mais, acesse a página do Ministério da Saúde. O endereço é  : www.saude.gov.br

Reportagem, Victor Maciel

Receba nossos conteúdos em primeira mão.