CRIME: Testemunhas depõem no caso do jovem arrastado por carro

O juiz Sérgio Andrade de Lima, titular da 12ª Vara Penal de Belém, começou a ouvir as testemunhas de acusação do processo que apura a responsabilidade criminal do estudante José Rebelo Netto, 24 anos de idade.

Salvar imagem

REPÓRTER: O juiz Sérgio Andrade de Lima, titular da 12ª Vara Penal de Belém, começou a ouvir as testemunhas de acusação do processo que apura a responsabilidade criminal do estudante José Rebelo Netto, 24 anos de idade. O estudante é acusado de ter arrastado por uma quadra inteira em seu veiculo o também estudante Paulo Henrique Mendonça Amoras, 20 anos de idade, quando ambos saíam de uma casa noturna no bairro de Nazaré, em Belém. O fato ocorreu no mês de fevereiro deste ano. O promotor de justiça César Motta, autor da ação penal, sustenta que  José Rabelo agiu com a intenção de matar ao abordar e atrair a vítima. José Rebelo Netto foi acompanhado do advogado Jânio Siqueira, compareceu à audiência e se apresentou com cinco testemunhas. Elas irão depor dia 22 de julho. Depois, a Justiça vai interrogar o réu. A defesa nega a intenção de ferir a vítima e diz que José apenas reagiu a uma possível agressão.

 
Reportagem, Storni Jr. 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.