Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

INDICADORES: Índice de Confiança do Comércio tem alta de 3,7 pontos em maio

Segundo FGV IBRE, a Confiança do Comércio subiu 3,7 pontos percentuais em maio de 2023


O Índice de Confiança do Comércio (ICOM), mensurado pela FGV IBRE, teve alta de 3,7 pontos em maio, atingindo patamar de 87,3 pontos, que é o maior desde outubro do ano passado, quando o índice atingiu 98,0 pontos. Em médias móveis, o índice teve alta de 0,5 ponto, que é o segundo resultado positivo consecutivo deste índice. 

O Índice costuma oscilar em torno de 85,0 pontos. 

Segundo especialistas, a confiança do comércio volta a subir neste mês, motivada por uma conjuntura econômica mais favorável e possível redução do pessimismo para os próximos meses. Esta alta compensa perdas existentes no mês anterior de abril. Porém, mesmo assim, o comércio ainda não recuperou o que foi perdido na virada de 2022 para 2023, quando o índice registrava baixa em vista de expectativas negativas no setor. Para os próximos meses, especialistas preveem que a situação permanecerá desta maneira, mais otimista, no setor. 
 
Os principais indicadores que compõem o índice tiveram alta este mês. O Índice de Situação Atual (ISA) subiu 2,7 pontos para o patamar de 90,1, que é o maior valor desde outubro de 2022, quando o Índice alcançou 102,3 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE) avançou 4,8 pontos, para o patamar de 85,1 pontos. Este aumento recupera grande parte da perda do mês anterior, quando o indicador apresentou baixa de 7,0 pontos percentuais. 
 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O Índice de Confiança do Comércio (ICOM), mensurado pela FGV IBRE, teve alta de 3,7 pontos em maio, atingindo patamar de 87,3 pontos, que é o maior desde outubro do ano passado, quando o índice atingiu 98,0 pontos. Em médias móveis, o índice teve alta de 0,5 ponto, que é o segundo resultado positivo consecutivo deste índice. 

O Índice costuma oscilar em torno de 85,0 pontos. 

Segundo especialistas, a confiança do comércio volta a subir neste mês, motivada por uma conjuntura econômica mais favorável e possível redução do pessimismo para os próximos meses. Esta alta compensa perdas existentes no mês anterior de abril. Porém, mesmo assim, o comércio ainda não recuperou o que foi perdido na virada de 2022 para 2023, quando o índice registrava baixa em vista de expectativas negativas no setor. Para os próximos meses, especialistas preveem que a situação permanecerá desta maneira, mais otimista, no setor. 
 
Os principais indicadores que compõem o índice tiveram alta este mês. O Índice de Situação Atual (ISA) subiu 2,7 pontos para o patamar de 90,1, que é o maior valor desde outubro de 2022, quando o Índice alcançou 102,3 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE) avançou 4,8 pontos, para o patamar de 85,1 pontos. Este aumento recupera grande parte da perda do mês anterior, quando o indicador apresentou baixa de 7,0 pontos percentuais. 

Reportagem: Luigi Mauri. Locução: Karina Chagas.