Foto: Adalberto Marques/MDR
Foto: Adalberto Marques/MDR

Governo Federal entrega dessalinizador no município de Brejinho, no Rio Grande do Norte

Após o processo de dessalinização, a água se torna potável


A comunidade do Barbaço, localizada em Brejinho, no Rio Grande do Norte, vai ter, a partir de agora, fornecimento regular de água de qualidade. Nesta sexta-feira, primeiro de julho, foi instalado no local um sistema de dessalinização, que permite o aproveitamento sustentável de poços abandonados no semiárido brasileiro em razão das águas subterrâneas serem salobras e salinas. Após o processo de dessalinização, a água se torna potável.

Presente à inauguração do sistema, o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, destacou a estratégia para aumentar a segurança hídrica no país.

"O novo marco do saneamento se propôs a olhar isso de cima e resolver o problema de 35 milhões de pessoas que não têm água. E fixa a meta de em 2033, 99% das pessoas terem água tratada nas suas torneiras”.

Wilson Melo, diretor do Departamento de Recursos Hídricos e Revitalização de Bacias Hidrográficas do Ministério do Desenvolvimento Regional, destacou a importância dos sistemas de abastecimento de água para as comunidades beneficiadas.

"São comuns na região semiárida apresentarem altos índices de salinidade, águas salobras que geralmente têm impacto negativo para a saúde caso venha a ser consumida. Então, com esses sistemas implantados se tem a garantia de fornecer água de altíssima qualidade".

Líder da comunidade de Barbaço, João Maria Lima também comemorou a instalação do sistema.

"Esperava há muito tempo por isso, pois aqui só tem água salgada, salobra e agora teremos água doce, vai ser bom demais. Estamos todos muito animados".

Para saber mais sobre ações para aumentar a segurança hídrica, acesse mdr.gov.br.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: A comunidade do Barbaço, localizada em Brejinho, no Rio Grande do Norte, vai ter, a partir de agora, fornecimento regular de água de qualidade. Nesta sexta-feira, primeiro de julho, foi instalado no local um sistema de dessalinização, que permite o aproveitamento sustentável de poços abandonados no semiárido brasileiro em razão das águas subterrâneas serem salobras e salinas. Após o processo de dessalinização, a água se torna potável.

Presente à inauguração do sistema, o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, destacou a estratégia para aumentar a segurança hídrica no país.

TEC/SONORA: Daniel Ferreira 

"O novo marco do saneamento se propôs a olhar isso de cima e resolver o problema de 35 milhões de pessoas que não têm água. E fixa a meta de em 2033, 99% das pessoas terem água tratada nas suas torneiras”.

LOC: Wilson Melo, diretor do Departamento de Recursos Hídricos e Revitalização de Bacias Hidrográficas do Ministério do Desenvolvimento Regional, destacou a importância dos sistemas de abastecimento de água para as comunidades beneficiadas.

TEC/SONORA: Wilson Melo

"São comuns na região semiárida apresentarem altos índices de salinidade, águas salobras que geralmente têm impacto negativo para a saúde caso venha a ser consumida. Então, com esses sistemas implantados se tem a garantia de fornecer água de altíssima qualidade".

LOC: Líder da comunidade de Barbaço, João Maria Lima também comemorou a instalação do sistema.

TEC/SONORA: João Maria Lima 

"Esperava há muito tempo por isso, pois aqui só tem água salgada, salobra e agora teremos água doce, vai ser bom demais. Estamos todos muito animados".

Para saber mais sobre ações para aumentar a segurança hídrica, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Petronilo Oliveira