Serviços emergenciais de manutenção na BR-101/AL. Foto: Divulgação/Dnit
Serviços emergenciais de manutenção na BR-101/AL. Foto: Divulgação/Dnit

Fim de semana reserva estradas chuvosas por todo o país

Inmet emitiu alerta amarelo no Acre, Roraima, parte do Amazonas, Mato Grosso, parte do Centro-Oeste e parte do Sudeste


Se você for dirigir pelas estradas neste fim de semana não deve se descuidar. Quem vai seguir viagem pela BR-101, em Alagoas, ainda vai encontrar a via interditada. Desde o final de 2022, devido às chuvas, a rodovia rompeu e a estrada ainda está em fase de reconstrução. As rotas alternativas são a AL-110, AL-220 e AL-215. Em Porto Velho, a BR-364/AC rompeu no km 22, em Balneário Quinoá, próximo a Porto Velho. A rodovia liga os estados do Acre e Rondônia e trecho passa por obras. Wander Nunes nasceu e trabalha como locutor em Porto Velho. Ele conta que a cheia do rio Jaci sempre preocupou os moradores, já que a BR é uma rota importante de tráfego de transportadoras. “A BR-364 sentido Acre é que mais dá problema em questão de inundação do rio Jaci Paraná, o [Balneário] Quinoá localizado no km 22 é próximo de Porto Velho, transbordou daí rompeu a estrada. Foi onde teve um problema recente. Se ela romper, não tem acesso para Já-Paraná, não tem acesso aos outros distritos próximo ao Acre. Afeta bastante a cidade por causa do transporte alimentício que não chega até a via”.

Em Santa Catarina, também encontra transtorno na pista quem for dirigir pela BR-280. O túnel do Morro do Vieira passa por obras de duplicação. O local está sinalizado. E no Amapá, equipes trabalham na manutenção da ponte sobre o rio Água fria na BR-210. É preciso bastante atenção nas estradas já que as chuvas ainda predominam em todo o país nos próximos dias, como explica a meteorologista do Inmet, Andrea Ramos.  “Tem chuvas também no Centro-Oeste, também em função da convergência de umidade, que está favorecendo a instabilidade e proporcionando chuvas. Abril ainda tem muitas chuvas. Os ponteiros estão indicando chuvas no decorrer principalmente dessa semana e até a próxima semana também tem indicativo de muita chuva ainda em todo o país”. 

O Inmet emitiu alerta amarelo no Acre, Roraima, parte do Amazonas, Mato Grosso, parte do Centro-Oeste e parte do Sudeste. O alerta laranja é o segundo na escala de três graus da escala de severidade de perigo de chuvas fortes. Em caso de perigo, ligue para a PRF pelo 191.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: Se você for dirigir pelas estradas neste fim de semana não deve se descuidar. Quem vai seguir viagem pela BR-101, em Alagoas, ainda vai encontrar a via interditada. Desde o final de 2022, devido às chuvas, a rodovia rompeu e a estrada ainda está em fase de reconstrução. As rotas alternativas são a AL-110, AL-220 e AL-215. Em Porto Velho, a BR-364/AC rompeu no km 22, em Balneário Quinoá, próximo a Porto Velho. A rodovia liga os estados do Acre e Rondônia e trecho passa por obras. Wander Nunes nasceu e trabalha como locutor em Porto Velho. Ele conta que a cheia do rio Jaci sempre preocupou os moradores, já que a BR é uma rota importante de tráfego de transportadoras.

TEC/SONORA: Wander Nunes – locutor Ativa FM - Porto Velho (RO)

“A BR-364 sentido Acre é que mais dá problema em questão de inundação do rio Jaci Paraná, o [Balneário] Quinoá localizado no km 22 é próximo de Porto Velho, transbordou daí rompeu a estrada. Foi onde teve um problema recente. Se ela romper, não tem acesso para Jaci-Paraná, não tem acesso aos outros distritos próximo ao Acre. Afeta bastante a cidade por causa do transporte alimentício que não chega até a via”.
 


LOC: Em Santa Catarina, também encontra transtorno na pista quem for dirigir pela BR-280. O túnel do Morro do Vieira passa por obras de duplicação. O local está sinalizado. E no Amapá, equipes trabalham na manutenção da ponte sobre o rio Água fria na BR-210. É preciso bastante atenção nas estradas já que as chuvas ainda predominam em todo o país nos próximos dias, como explica a meteorologista do Inmet, Andrea Ramos. 

TEC/SONORA: meteorologista do Inmet - Andrea Ramos

“Tem chuvas também no Centro-Oeste, também em função da convergência de umidade, que está favorecendo a instabilidade e proporcionando chuvas. Abril ainda tem muitas chuvas. Os ponteiros estão indicando chuvas no decorrer principalmente dessa semana e até a próxima semana também tem indicativo de muita chuva ainda em todo o país”. 
 


LOC: O Inmet emitiu alerta laranja nos estados do Acre, Roraima, Mato Grosso, em parte do Amazonas, do Centro-Oeste e do Sudeste. O alerta laranja é o segundo na escala de três graus da escala de severidade de perigo de chuvas fortes. Em caso de risco, ligue para a PRF pelo número 191.

Reportagem, Karina Chagas