TRAGÉDIA: Incêndio em Museu da Língua Portuguesa mata uma pessoa em São Paulo

O fogo começou no primeiro andar do museu, por volta de 15:30 hs. As chamas se alastraram por todo prédio e atingiram, principalmente, os últimos andares.

SalvarSalvar imagem

REPÓRTER: Um incêndio de grandes proporções atingiu, na tarde desta segunda-feira, o Museu da Língua Portuguesa, na Luz, região central de São Paulo. Um bombeiro que trabalhava no local, tentando controlar o fogo, sofreu uma parada cardíaca e acabou falecendo. O fogo começou no primeiro andar do museu, por volta de três e meia da tarde. As chamas se alastraram por todo prédio e atingiram, principalmente, os últimos andares. De acordo com a secretaria municipal de Cultura, de São Paulo, o local mais afetado pelo fogo abrigava uma exposição temporária de cenografia. Não havia visitantes no momento do incêndio, já que, o museu não abre as portas ao público nas segundas-feiras. Ao todo, mais de 100 homens e 60 viaturas dos bombeiros trabalharam no local e conseguiram controlar o fogo por volta das seis da noite. De acordo com o governo do estado de São Paulo, o acervo perdido do museu era virtual e tem possibilidade de recuperação. Segundo a Defesa Civil, um curto-circuito, provocado durante a troca de uma luminária, possivelmente tenha iniciado o fogo. Por causa da tragédia, duas linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, a CPTM, que funcionam anexas ao prédio do museu, estão paralisadas. A linha sete – Rubi, que opera apenas até a Estação Barra Funda, e a linha 11 – Coral, que funciona até o Brás.
 

 

Reportagem, João Paulo Machado

Receba nossos conteúdos em primeira mão.