TJPA: Ações solidárias continuam em 2017

As atividades solidárias atendem, principalmente, a crianças, adolescentes e idosos. 

 

Salvar imagem

Tempo de áudio -

 
REPÓRTER:  A rede solidária do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) fez a primeira reunião de 2017, nesta sexta-feira, 17, para discutir a programação das ações sociais que serão desenvolvidas pela instituição ao longo do ano. Desde 2015, instituições filantrópicas têm se beneficiado das ações solidárias organizadas, de forma voluntária, por magistrados e servidores do TJPA. O vice-presidente do TJPA e coordenador da rede solidária, desembargador Leonardo Noronha, ressaltou que objetivo da reunião foi reunir propostas para novas ações. Ele adiantou, no entanto, que a comunidade do Aurá, que já vinha sendo beneficiada com ações nos anos anteriores, continuará sendo atendida pelos projetos, mas existe a intenção de expandir o alcance das ações aos jovens, de 14 a 16 anos. Segundo o vice-presidente do TJPA e coordenador da rede solidária, desembargador Leonardo Noronha, os adolescentes que concluem os estudos  às vezes ficam sem ter o que fazer. Vamos tentar parcerias para oferecer cursos profissionalizantes para preparar esse público para o mercado de trabalho, afirmou o vice-presidente do TJPA desembargador Leonardo Noronha. Outras ações deverão estimular a participação espontânea dos servidores nas atividades solidárias, como a proposta que prevê a arrecadação de alimentos durante as missas. As atividades solidárias atendem, principalmente, a crianças, adolescentes e idosos. 
 
Com informações da coordenadoria de imprensa do TJPA, reportagem, Storni Jr. 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.