POLÍTICA: Presidente Dilma anuncia aumento de 9% no Bolsa Família

 

Valor médio de benefício vai aumentar para R$176 mensais

 

SalvarSalvar imagem

REPÓRTER: A presidente Dilma Rousseff anunciou, na tarde do último domingo, um aumento de nove por cento nos benefícios oferecidos pelo Programa Bolsa Família. O anúncio aconteceu em São Paulo, durante a comemoração do Dia do Trabalho, em um ato promovido pela Central Única dos Trabalhadores, a CUT. Com o reajuste, as famílias beneficiadas vão receber, a partir de junho, uma média de 176 reais por mês. Isso significa um aumento de 13 reais, em relação ao valor que é pago hoje.  A presidente Dilma lembrou, durante o discurso, que o reajuste já estava previsto nos planos do governo.  
 
SONORA: Dilma Rousseff, presidente da República
 
“Quero lembrar que esta proposta não nasceu hoje. Ela estava prevista desde quando nós enviamos, lá em agosto de 2015, o orçamento para o congresso. Essa proposta foi aprovada pelo congresso. E diante do quadro atual, nós tomamos medidas que garantem um aumento na receita deste ano e nos próximos. Tudo isso sem comprometer o cenário fiscal”.
 
REPÓRTER: No mês de abril, 13,8 milhões de famílias foram beneficiadas pelo programa do Governo Federal.  Além do reajuste, a presidente Dilma também anunciou uma proposta de correção da tabela do imposto de renda, que ainda deve passar pela aprovação do congresso. Ela comentou a medida durante o discurso.
 
SONORA: Dilma Rousseff, presidente da República.

“Além disso, nós estamos propondo também uma correção da tabela do imposto de renda sobre pessoa física. A correção é de cinco por cento, a partir do ano que vem”.
 
REPÓRTER: Ainda durante a festa do Dia do Trabalho, Dilma voltou a dizer que não cometeu crimes de responsabilidade fiscal. O processo de impeachment da presidente, que hoje tramita no Senado, teve origem justamente nas acusações de que a ela teria emitido decretos com créditos suplementares.
 

 

Reportagem, Bruna Goularte
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.