Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Foto: reprodução/Grêmio FPB

Paulo Victor brilha nos pênaltis e Grêmio conquista título gaúcho pela 38ª vez

O goleiro tricolor pegou três cobranças e fez a festa de mais de 50 mil torcedores que compareceram à Arena do Grêmio


Para quem gosta de emoção no futebol, a decisão do Gauchão entre Grêmio e Inter foi um verdadeiro teste de nervos para os torcedores. Assim como no primeiro jogo, o Gre-Nal teve mais um zero a zero. Nos pênaltis, o time de Renato Portaluppi levou a melhor sobre o maior rival, com atuação de gala do goleiro Paulo Victor.

Nos 90 minutos, o jogo foi quente, recheado de entradas fortes e cartões para ambos os lados, além de poucas chances de gol. A mais clara foi em uma cobrança de pênalti desperdiçada por André, que parou no goleiro Marcelo Lomba. Com o empate, o título estadual foi decidido nos pênaltis. E foi aí que apareceu a estrela do goleiro Paulo Victor, que defendeu três cobranças e garantiu a festa tricolor. Na última cobrança, André foi de vilão a herói. O atacante chutou no canto de Lomba para dar o título de campeão gaúcho de 2019 ao Grêmio, o 38º de sua história.

Pela Copa do Brasil, o Santos abriu vantagem de dois a zero na Vila Belmiro contra um Vasco desfigurado. Com os gols de Rodrygo e Jean Motta, o Peixe pode perder por até um gol de diferença no Rio de Janeiro que ainda se classifica para as oitavas de final da competição.

Falando em Rio de Janeiro, o Fluminense venceu o Santa Cruz no Maracanã e decidiu a partida já no primeiro tempo. Com gols do lateral Gilberto e um golaço de Luciano, o Fluzão deu alegria para os mais de 19 mil torcedores presentes no estádio. Na partida de volta, o Santinha tem a difícil tarefa de ganhar por três gols de diferença para avançar de fase.

Em Santa Catarina, o Corinthians visitou a Chapecoense e mais um vez não teve uma boa atuação. O Verdão do Oeste venceu por um a zero com gol de Aylon, e deixou a decisão para o jogo de volta na Arena Corinthians. Qualquer empate classifica o time catarinense em São Paulo.

Também teve muita emoção pelas quartas de final da Liga dos Campões. Em um jogo de sete gols, o Manchester City ganhou de quatro a três do Tottenham, mas a vitória não foi o suficiente para o time de Guardiola se classificar para as semifinal. Sterling chegou a fazer o gol da classificação para o time da casa, mas o VAR anotou impedimento na jogada e anulou corretamente o lance. Agora, os Spurs encaram o Ajax na semifinal do torneio.

No outro jogo das quartas, o Liverpool, do atacante Salah, não tomou conhecimento do Porto, mesmo jogando fora de casa. No Estádio do Dragão, os Reds aplicaram um sonoro quatro a um para cima do time português e carimbou o passaporte para as semifinais. O adversário será o Barcelona, de Lionel Messi.

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Para quem gosta de emoção no futebol, a decisão do Gauchão entre Grêmio e Inter foi um verdadeiro teste de nervos para os torcedores. Assim como no primeiro jogo, o Gre-Nal teve mais um zero a zero. Nos pênaltis, o time de Renato Portaluppi levou a melhor sobre o maior rival, com atuação de gala do goleiro Paulo Victor.

Nos 90 minutos, o jogo foi quente, recheado de entradas fortes e cartões para ambos os lados, além de poucas chances de gol. A mais clara foi em uma cobrança de pênalti desperdiçada por André, que parou no goleiro Marcelo Lomba. Com o empate, o título estadual foi decidido nos pênaltis. E foi aí que apareceu a estrela do goleiro Paulo Victor, que defendeu três cobranças e garantiu a festa tricolor. Na última cobrança, André foi de vilão a herói. O atacante chutou no canto de Lomba para dar o título de campeão gaúcho de 2019 ao Grêmio, o 38º de sua história.

Pela Copa do Brasil, o Santos abriu vantagem de dois a zero na Vila Belmiro contra um Vasco desfigurado. Com os gols de Rodrygo e Jean Motta, o Peixe pode perder por até um gol de diferença no Rio de Janeiro que ainda se classifica para as oitavas de final da competição.

Falando em Rio de Janeiro, o Fluminense venceu o Santa Cruz no Maracanã e decidiu a partida já no primeiro tempo. Com gols do lateral Gilberto e um golaço de Luciano, o Fluzão deu alegria para os mais de 19 mil torcedores presentes no estádio. Na partida de volta, o Santinha tem a difícil tarefa de ganhar por três gols de diferença para avançar de fase.

Em Santa Catarina, o Corinthians visitou a Chapecoense e mais um vez não teve uma boa atuação. O Verdão do Oeste venceu por um a zero com gol de Aylon, e deixou a decisão para o jogo de volta na Arena Corinthians. Qualquer empate classifica o time catarinense em São Paulo.

Também teve muita emoção pelas quartas de final da Liga dos Campões. Em um jogo de sete gols, o Manchester City ganhou de quatro a três do Tottenham, mas a vitória não foi o suficiente para o time de Guardiola se classificar para as semifinal. Sterling chegou a fazer o gol da classificação para o time da casa, mas o VAR anotou impedimento na jogada e anulou corretamente o lance. Agora, os Spurs encaram o Ajax na semifinal do torneio.

No outro jogo das quartas, o Liverpool, do atacante Salah, não tomou conhecimento do Porto, mesmo jogando fora de casa. No Estádio do Dragão, os Reds aplicaram um sonoro quatro a um para cima do time português e carimbou o passaporte para as semifinais. O adversário será o Barcelona, de Lionel Messi.

Reportagem, Pedro Marra