PARANÁ: Autonomia da PF está entre reivindicações da população do estado

SalvarSalvar imagem

REPÓRTER: Cerca de 200 mil pessoas estiveram nas ruas de Curitiba, na semana passada, e em várias cidades do Paraná, como Campo Mourão, Marechal Rondon, Londrina, Maringá e Ponta Grossa, entre outras, para protestar contra do governo Dilma Rousseff e o Partido dos Trabalhadores. Os números são da Polícia Militar. Entre as reivindicações cobradas durante os protestos, os paranaenses pediram a autonomia da Polícia Federal. A instituição é vinculada ao ministério da Justiça e as ações deflagradas contra a corrupção podem sofrer com influências políticas como explica o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Policia Federal, Doutor Carlos Eduardo Sobral.
 
SONORA: Carlos Eduardo Sobral, presidente da ADPF
 
“Há uma parcela considerável dos detentores do Poder que já manifestaram sua vontade de controlar a Polícia Federal. Então se, nós não agirmos agora, nesse momento e alterar a Constituição para que, a gente proteja a Polícia Federal de interferências políticas pode ser que daqui a um mês, um ano ou dois anos, nós não mais tenhamos uma Polícia Federal como a gente conhece hoje.”
 
REPÓRTER: A autonomia administrativa e financeira da Polícia Federal está prevista em um Projeto de Emenda Constitucional, a PEC 412 como é conhecido, que precisa ser aprovado no Congresso Nacional. O projeto está em análise na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados e não tem data para ser votado. Para que a PEC 412 seja aprovada logo, a ADPF realiza campanha nacional de mobilização, em todos os estados. Uma carta do povo brasileiro vai ser entregue aos parlamentares com cerca de dois milhões de assinaturas em favor da autonomia da PF. O diretor Regional da ADPF, no Paraná, Doutor, Jorge Luiz Fayad Nazário, pede a população do Paraná que também assine a carta. Ele lembra que, a autonomia não significa que a polícia irá agir sem controle.
 
SONORA: diretor Regional da ADPF-PR, Doutor Jorge Luiz Fayad Nazário
 
“Nós contamos com apoio de toda a população, de toda sociedade brasileira, principalmente o estado do Paraná, onde lá efetivamente, é o nascedouro da operação Lava Jato. Porque a Polícia Federal é uma polícia republicana apartidária. Nós não buscamos pegar A, B ou C. Buscamos pegar aquele que cometa corrupção. É uma polícia controlada. Continua ainda pela Constituição, recebendo controle externo do Ministério Público, recebendo controle externo do Tribunal de Contas da União e, internamente, temos uma corregedoria forte.”
 
REPÓRTER: A carta do povo brasileiro a favor da autonomia da Polícia Federal está publicada na internet. Qualquer pessoa pode ter acesso e assinar o documento que pede a aprovação da PEC 412 no Congresso Nacional. O endereço é o adpf.org.br
 

Reportagem, Cristiano Carlos  

Receba nossos conteúdos em primeira mão.