PARÄ: Acordos em ações de família chegam a 82%

Do total de 148 audiências realizadas, em apenas 17 não houve acordo. 

SalvarSalvar imagem

 

 
REPÓRTER: A 5º edição do mutirão do Centro Judiciário de Solução de Conflito de Varas de Famílias que ocorreu nos dias 25 e 26 deste mês, alcançou 121 conciliações em processos relacionados a divórcio, união estável, guarda de filhos e alimentos. O resultado representa 82% de êxito. Do total de 148 audiências realizadas, em apenas 17 não houve acordo.  De acordo com a coordenadora do Cejusc Varas de Família, juíza Elvina Gemaque A magistrada ressaltou que a cada mutirão o número de acordos vem crescendo de forma positiva diante dos conflitos emocionais que envolvem os processos de família. A ação contou com 12 mesas de conciliação, 12 conciliadores, dois defensores públicos, duas promotoras de justiça, um juiz, além de servidores da 2ª, 6ª e 8ª Vara de Família, do Cejusc Varas de Família  e do Núcleo de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos e Cidadania (Nupemec). O próximo mutirão será realizado nos dias 10 e 11 de dezembro. O “Conciliando no Natal” também terá cerca de 300 audiências previamente agendadas. As partes interessadas já podem pedir a inclusão do processo na pauta das conciliações. O Cejusc ajuda a resolver conflitos de maneira mais célere, por meio do diálogo, ao mesmo tempo que visa diminui o número de processos em tramitação nas Varas. A ação atende a resolução 125 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
 
Com informações da coordenadoria de imprensa do TJPA, reportagem, Storni Jr

Receba nossos conteúdos em primeira mão.