OUTUBRO ROSA: Judiciário debate prevenção do câncer de mama

SalvarSalvar imagem

REPÓRTER: A funcionária terceirizada do Judiciário, Dina Souza, de 48 anos, acompanhou a palestra “Outubro Rosa: Prevenção do Câncer de Mama”. Ela conta que ainda não realiza exames periódicos, mas garante depois do aprendizado vai buscar atendimento.

SONORA: Funcionária terceirizada do Judiciário, Dina Souza.
 
“Deu para entender o quanto é importante para a gente saber da nossa saúde, do nosso corpo. Eu também, como mulher, ainda não fiz esse tratamento do câncer de mama e pretendo fazer, porque já estou com 48 anos. E foi bom porque abriu as ideias, para a gente dar mais importância à nossa saúde, à nossa vida”.
 
REPÓRTER: Durante a palestra sobre a prevenção do câncer de mama, foi destacado que a doença tem 95% de chances de cura ao ser descoberta no estágio inicial. No Brasil, a cada 36 minutos uma mulher é vítima de câncer de mama. Já no Pará, a doença é a segunda maior causa de mortalidade entre as mulheres, atrás do câncer de colo de útero. A ginecologista Neila Dahas destaca o acompanhamento que deve ser feito pelas mulheres.
 
SONORA: Ginecologista Neila Dahas.
 
“Seria basicamente uma consulta ao ginecologista todo o ano e depois dos 40, 45 anos providenciar a mamografia, que dependendo do grau de risco, anual ou bianual, isso vai depender do acerto dela com o médico ginecologista ou mastologista”.
 
REPÓRTER: No debate também foram ressaltados outros métodos de prevenção do câncer de mama, como garantir uma alimentação saudável, a prática de atividade física, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, gorduras e frituras. À frente da Coordenadoria de Saúde do Judiciário, Manoel de Christo Alves comenta a relevância em abordar o tema.  
 
SONORA: Manoel de Christo Alves.
 
“É através de um momento desse que as pessoas tem acesso à informação e informação é fundamental para que a partir dela você procure os canais necessários, por exemplo, para fazer um exame, onde fazer, como fazer, a partir de que momento fazer, de que idade, ou você apresenta algum sintoma, algum sinal”.
 
REPÓRTER: A próxima palestra “Outubro Rosa: Prevenção do Câncer de Mama” vai ocorrer nesta quinta-feira, 22 de outubro, no prédio da Infância e Juventude, localizado na avenida Tamandaré, às 10 da manhã. O debate vai ser transmitido ao vivo para todas as Comarcas do Estado, por meio do portal do Tribunal de Justiça do Pará.
 
Reportagem, Thamyres Nicolau
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.