ITAITUBA: MPPA ajuíza Ação Civil Pública contra a Centrais Elétricas do Pará

O Ministério Público do Pará, por meio do promotor de Justiça João Batista de Araújo Cavaleiro de Macêdo Junior, ajuizou Ação Civil Pública com pedido de antecipação de tutela e de multa em face das Centrais Elétricas do Pará, Celpa.

Salvar imagem

Tempo de áudio – 1min23seg

LOC/REPÓRTER: O Ministério Público do Pará, por meio do promotor de Justiça João Batista de Araújo Cavaleiro de Macêdo Junior, ajuizou Ação Civil Pública com pedido de antecipação de tutela e de multa em face das Centrais Elétricas do Pará, Celpa, após denúncias de cortes indevidos de energia e cobranças irregulares nas tarifas de consumo do município de Itaituba, sudoeste do Pará. A Promotoria apurou denúncias feitas por consumidores que alegaram o corte indevido de energia elétrica e a cobrança irregular de débitos, além de abusos cometidos por parte dos funcionários contratados pela empresa. Ainda de acordo com o promotor João Batista, tem sido feita cobrança indevida por parte dos funcionários que estipulam um valor frente à irregularidade encontrada e ainda ameaçam realizar o corte do serviço em caso do consumidor não colaborar com um pagamento de débitos por eles estipulados. Segundo as investigações, frente às ameaças de corte do serviço de energia elétrica estipulado pela empresa, o consumidor tentaria realizar os pagamentos, mas cumpriria poucas parcelas tendo em vista o valor considerado elevado em relação às faturas regulares.A concessória de energia Celpa ainda não se manifestou sobre a Ação Civil Pública.

Com informações do MPPA, reportagem, Storni Jr. 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.