Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

DIVERSÃO EM PAUTA: Chlöe Grace Moretz mostra excelente atuação no terror psicológico “Obsessão”

A atriz de “Se Eu Ficar” atua ao lado da aclamada francesa Isabelle Huppert, de “Elle”

Salvar imagemTexto para rádio

Estreia desta quinta-feira (13), “Obsessão” traz um roteiro de terror psicológico com furos, mas que ainda consegue agradar. Na trama, Clöe Grace Moretz interpreta Frances, que contracena com a aclamada atriz francesa Isabelle Huppert, que dá vida à Greta.

O longa é sobre a jovem Frances que mora em Nova York com uma amiga. Ela acaba de perder a mãe e, por isso, demonstra sinais de solidão. Quando decide fazer um ato de bondade, conhece a viúva Greta, que vive sozinha na cidade, e também manifesta indícios de isolamento.

Essa é uma temática muito interessante porque ambas as personagens principais tentam encontrar refúgio uma na outra, mesmo que inconscientemente. As duas se conectam imediatamente e passam a reconhecer na outra uma forma de superar a solidão. O problema é que para uma delas, é muito mais que isso.

O roteiro tem boas intenções, mas é óbvio na maior parte das vezes. Será que é realmente necessário a vida da protagonista sempre dar certo, e sempre ter um final feliz? Ao que tudo indica, “Obsessão” mostra que sim. O filme sempre acaba por beneficiar a mocinha, e isso transforma o terror psicológico em um “felizes para sempre”.

Clöe Grace Moretz, que já vem surpreendendo desde criança, mostra mais uma vez o potencial que tem nas telonas, e sem sombra de dúvidas ainda tem muito talento para mostrar. Com Isabelle Huppert, as cenas fluíram e foram cativantes. Ambas atuaram com perfeição.

A fotografia muito clara é um dos fatores que torna "Obsessão" diferente dos outros suspenses, nos quais as cenas são filmadas em sua maioria em lugares escuros e que transmitem mais medo.

Fonte: Brasil 61

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Estreia desta quinta-feira (13), “Obsessão” traz um roteiro de terror psicológico com furos, mas que ainda consegue agradar. Na trama, Clöe Grace Moretz interpreta Frances, que contracena com a aclamada atriz francesa Isabelle Huppert, que dá vida à Greta.

O longa é sobre a jovem Frances que mora em Nova York com uma amiga. Ela acaba de perder a mãe e, por isso, demonstra sinais de solidão. Quando decide fazer um ato de bondade, conhece a viúva Greta, que vive sozinha na cidade, e também manifesta indícios de isolamento.

Essa é uma temática muito interessante porque ambas as personagens principais tentam encontrar refúgio uma na outra, mesmo que inconscientemente. As duas se conectam imediatamente e passam a reconhecer na outra uma forma de superar a solidão. O problema é que para uma delas, é muito mais que isso.

O roteiro tem boas intenções, mas é óbvio na maior parte das vezes. Será que é realmente necessário a vida da protagonista sempre dar certo, e sempre ter um final feliz? Ao que tudo indica, “Obsessão” mostra que sim. O filme sempre acaba por beneficiar a mocinha, e isso transforma o terror psicológico em um “felizes para sempre”.

Clöe Grace Moretz, que já vem surpreendendo desde criança, mostra mais uma vez o potencial que tem nas telonas, e sem sombra de dúvidas ainda tem muito talento para mostrar. Com Isabelle Huppert, as cenas fluíram e foram cativantes. Ambas atuaram com perfeição.

A fotografia muito clara é um dos fatores que torna "Obsessão" diferente dos outros suspenses, nos quais as cenas são filmadas em sua maioria em lugares escuros e que transmitem mais medo.

Reportagem, Sara Rodrigues