CURSO: Judiciário paraense vai formar mediadores

O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, o Cejusc, em parceria com a Famaz, vai realizar o primeiro curso de formação de mediadores de 2016. Vai ser o primeiro com 100 horas de duração, como prevê o Conselho Nacional de Justiça. 

SalvarSalvar imagem

REPÓRTER: O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, o Cejusc, em parceria com a Famaz, vai realizar o primeiro curso de formação de mediadores de 2016. Vai ser o primeiro com 100 horas de duração, como prevê o Conselho Nacional de Justiça. Dos inscritos, 16 pessoas vão ser selecionadas para participar da formação. Acadêmicos de direito, servidores do Judiciário e operadores do Direito podem participar do curso, que vai abordar técnicas de negociação, como mediação, conciliação e arbitragem. A coordenadora do Cejusc da Famaz, juíza Ana Patrícia Alves, comenta os benefícios da mediação.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif
 
SONORA: Coordenadora do Cejusc da Famaz, juíza Ana Patrícia Alves.
 
“O mediador ele vai facilitar que as partes restabeleçam esse diálogo para que elas mesmas possam chegar a um consenso a respeito da melhor forma de resolver aquele problema. Então, a gente quer a extinção do processo através de um acordo, que as partes mesmas constroem e vão cumprir, porque elas vão dar a palavra delas e não ter aquele prosseguimento do conflito. Na verdade o que a gente busca é construir uma sociedade melhor, uma sociedade mais solidária, uma sociedade em que as pessoas, elas próprias, tenham condições de resolver essas questões”.
 
REPÓRTER: O curso de formação de mediadores vai ocorrer de 13 a 19 de janeiro. Os selecionados vão ter 60 horas de aulas teóricas, com a aprendizagem de técnicas de negociação, além de simulação em sala de aula, envolvendo a ética e a postura do mediador nas audiências. Os formandos vão cumprir ainda 40 horas de prática no Cejusc, onde vão atuar como voluntários.
Reportagem, Thamyres Nicolau
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.