CONFRESA (MT): Apenas 50% das meninas entre 11 e 13 anos tomaram segunda dose da vacina contra HPV, no município

Segunda dose da vacina contra HPV está disponível no posto de saúde da família, na Vila 2000. Imunização só é completa com as três doses da vacina

SalvarSalvar imagem

REPÓRTER: O vírus HPV é o principal causador do câncer no colo do útero. Em 2006, foi criada uma vacina que foi dividida em três doses, que previne que meninas e mulheres adquiram o câncer. Algumas unidades de saúde chegam a cobrar quase mil 500 Reais pelas três doses da vacina e, o Ministério da Saúde tem oferecido gratuitamente para meninas entre 11 e 13 anos. O município de Confresa imunizou 100 por cento das meninas na primeira dose, mas na segunda, apenas 50 por cento das meninas foram vacinadas. A coordenadora de Imunização, Gabriela Medina, reforça que, apenas com as três doses da vacina a proteção acontece.
 
SONORA: Gabriela Medina

“Acaba prevenindo prováveis  futuros cânceres de colo de útero. E, uma única dose, como a gente conseguiu 100 por cento, uma única dose não deixa as crianças imunizadas. Então a gente precisa realizar a segunda dose e, depois o reforço, que é só depois de cinco anos. Para realmente considerar essas meninas imunizadas.”
 
REPÓRTER: Dados dos Instituto Nacional do Câncer indicam que, em 2015, quase quatrocentas mulheres vão descobrir que têm câncer do colo útero, no Mato Grosso. O epidemiologista, Jarbas Barbosa, deixa um recado para as meninas aqui de Confresa.
 
SONORA: Epidemiologista, Jarbas Barbosa
 
“Essa vacina é uma vacina segura. Hoje em dia, é utilizada em mais de 100 países no mundo. Pequenas reações que existem são esperadas. São leves, a grande maioria uma dor no local. Tem menina, pela própria faixa etária, vacinando em escola, uma fila grande, a ansiedade. Uma outra menina teve um desmaio, coisa leve também, que é absolutamente esperado ou reações alérgicas que podem ocorrer com qualquer tipo de remédio, qualquer tipo de injeção ou mesmo qualquer tipo de alimento.
 
REPÓRTER: As adolescentes devem ir ao posto Saúde da Família, na Vila dois mil, juntamente com o cartão de vacina ou documento de identidade para tomar a segunda dose da vacina contra o HPV. A vacina é gratuita e o horário de funcionamento é das oito da manhã às quatro da tarde.
 
Reportagem, Sara Graziella 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.