CHIKUNGUNYA: Quem sentir os sintomas da doença deve procurar uma unidade de saúde imediatamente

A febre chikungunya é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, o Aedes Aegypti. E é nesta época do ano que as chances de contaminação aumentam, já que o clima quente e úmido favorece a reprodução do mosquito. Quem sentir dor de cabeça, dores no corpo, nas articulações e febre, deve procurar uma unidade de saúde imediatamente.

Salvar imagem

Tempo de áudio –

REPÓRTER: A febre chikungunya é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, o Aedes Aegypti. E é nesta época do ano que as chances de contaminação aumentam, já que o clima quente e úmido favorece a reprodução do mosquito. Quem sentir dor de cabeça, dores no corpo, nas articulações e febre, deve procurar uma unidade de saúde imediatamente, conforme explica o coordenador geral do Programa Nacional de Controle da Dengue do Ministério da Saúde, Giovanini Coelho

SONORA: coordenador geral do Programa Nacional de Controle da Dengue do Ministério da Saúde – Giovanini Coelho

Uma parcela pequena dos pacientes, principalmente nos pacientes mais idosos, eles podem desenvolver uma forma crônica. Ou seja, essa dor articular intensa pode persistir por mais de 3 meses. Esse é o principal problema que se observa a chikungunya. Que aí vai exigir uma atenção diferenciada, esse paciente vai exigir cuidado de fisioterapia, de reabilitação postural. Por isso que é importante o atendimento precoce pelo profissional de saúde e uma atenção maior principalmente para esse grupos etários extremos, adultos e crianças”.

REPÓRTER: A agente comunitária de saúde, Maria José Cordeiro, sabe bem disso. Ela trabalha na cidade de Feira de Santana, na Bahia e teve chikungunya em junho do ano passado. Logo que percebeu os sintomas, procurou uma unidade básica de saúde.

SONORA: agente comunitária de saúde - Maria José Cordeiro

“Comecei com conjuntivite muito forte, a visão muito embaçada, sair no sol, não conseguia ficar na claridade, febre alta, dores muito intensas nos músculos, nas articulações, não conseguia respirar direito, muita dor de cabeça, eu não conseguia andar direito, umas manchas muito vermelhas o rosto inchado. Aí foi que eu procurei o médico. Esse tratamento no início é importante porque a pessoa não vai ficar com dores muito por muito tempo e aí pode ocasionar outros problemas”.

REPÓRTER: Para combater o mosquito transmissor da chikungunya é preciso eliminar os criadouros evitando acumular água nos pratinhos de plantas e nas calhas, guardar as garrafas de cabeça para baixo, colocar o lixo em sacos plásticos bem fechados e manter a caixa d’água e piscina tampadas. Para saber mais acesse o site do Ministério da Saúde na internet. O endereço é: www.saude.gov.br

Reportagem, Karina Chagas

 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.