BRASÍLIA: Polícia e manifestantes entram em confronto em ato contra aprovação da PEC do Teto

Salvar imagem

REPÓRTER: Manifestantes contrários a Proposta de Emenda à Constituição 55, a chamada PEC do Teto, entraram em confronto com a Polícia Militar, nesta terça-feira, durante protesto organizado na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O ato, convocado por sindicatos e entidades estudantis, repudiava a aprovação PEC, em segundo turno, no Senado Federal, no início da tarde desta terça.  

O grupo, cerca de duas mil pessoas, de acordo com a Polícia Militar, partiu do Museu Nacional e pretendia seguir até a frente do Congresso Nacional, mas foi impedido por uma barreira montada pelos militares em frente Catedral de Brasília. Os manifestantes, então, jogaram garrafas, cones e outros objetos em direção à cavalaria da PM, dando inicio ao confronto.

Fazendo uso de bombas de efeito moral e de gás lacrimogêneo, os policiais começaram a dispersar parte dos manifestantes. Com a ação da policia, um grupo de manifestantes seguiu rumo à rodoviária de Brasília e outro para Setor Bancário Sul.

Atos de vandalismo foram registrados durante o protesto. No momento da fuga, algumas pessoas que participavam da manifestação jogaram pedras e danificaram ônibus coletivos, assustando as pessoas que passavam pela rodoviária. Um ônibus foi incendiado. Diversos monumentos foram pichados e alguns prédios tiveram as vidraças destruídas.

De acordo com a Polícia Militar, ao menos um policial ficou ferido.

 

Reportagem, João Paulo Machado

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.