Foto: Divulgação/Brasil Mineral
Foto: Divulgação/Brasil Mineral

VALE: Produção de minério de ferro cresce 6,3% no trimestre

Aumento foi impulsionado pela produção recorde no S11D para o trimestre

Salvar imagem

A Vale produziu 78,7 milhões de toneladas de minério de ferro no segundo trimestre de 2023, um crescimento de 6,3% na comparação com o mesmo trimestre do último ano e impulsionado pela produção recorde no S11D para o trimestre, seguido por bom desempenho dos complexos Itabira e Vargem Grande, o que melhorou a qualidade média do portfólio de produtos da mineradora. No trimestre, a Vale obteve Licença de Operação da barragem Torto, que segue com o comissionamento em andamento. A produção de pelotas aumentou 5% no segundo trimestre, para 9,1 milhões de toneladas, devido à maior produção nas usinas de Tubarão como resultado do aumento na produção de pellet feed.

As vendas de finos de minério de ferro cresceram 1% no segundo trimestre de 2023 e atingiram 63,3 milhões de toneladas, enquanto a comercialização de pelotas alcançou 8,8 milhões de toneladas, um decréscimo de 0,4% sobre o mesmo trimestre de 2022. A recuperação veio com a produtividade do Terminal Ponta da Madeira ao longo do trimestre, após as restrições de carregamento causadas pelas fortes chuvas que impactaram embarques e vendas no primeiro trimestre do ano. A Vale espera um menor gap entre produção e vendas no terceiro trimestre com a venda de estoques formados no primeiro semestre, dependendo das condições de mercado.

A produção de cobre da Vale somou 78,8 mil t no segundo trimestre, um crescimento de 41% na comparação com o mesmo trimestre de 2022, principalmente, devido ao bem-sucedido processo de ramp-up da planta de Salobo III e à melhora do desempenho na operação de Sossego. Já as vendas de cobre somaram 73,8 mil t, 43,3% superior na comparação com o mesmo trimestre de 2022, em decorrência dos maiores volumes de produção. A produção de níquel atingiu 36,9 mil t no segundo trimestre de 2023, o que representa um aumento de 7,9% sobre o mesmo trimestre do ano passado, principalmente, graças ao melhor desempenho operacional em Sudbury e na Indonésia. As vendas de níquel aumentaram 2,5% no trimestre, para 40,3 mil t, devido à melhora de produção, permanecendo relativamente estável t/t devido à formação de estoques entre janeiro e março deste ano.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.