Foto: Divulgação/Brasil Mineral
Foto: Divulgação/Brasil Mineral

Parceria com prefeituras para criação de um corredor turístico

Serão realizados trabalhos de potencialização do turismo regional, com parcerias público-privadas

SalvarSalvar imagem

A Anglo American, em parceria com diversas prefeituras de Minas Gerais, formalizou compromisso para desenvolver um corredor turístico que ligará o município de Lagoa Santa até Diamantina. Além dessas duas cidades, fazem parte da iniciativa Alvorada de Minas, Conceição do Mato Dentro, Congonhas do Norte, Dom Joaquim, Jaboticatubas, Morro do Pilar, Santana do Riacho e Serro. A iniciativa visa interligar atrativos naturais e históricos, manifestações culturais e folclóricas, além de eventos artísticos, esportivos e de aventura no estado.

O protocolo de intenções assinado tem como meta a criação de uma identidade turística em comum dentro de uma extensão de cerca de 250 km da MG-010 e da Via Saint-Hilaire (LMG-735), a partir da conexão de um eixo principal de transporte que abriga a Serra do Espinhaço. A possibilidade de criação desse corredor surgiu de um estudo elaborado pela Anglo American, em 2020, contemplado em seu Programa de Desenvolvimento Regional Colaborativo, no qual o turismo foi identificado e confirmado pelos principais públicos de interesse locais como um setor prioritário para a diversificação econômica da região. “Enxergamos no turismo grande potencial de alavancagem para o desenvolvimento socioeconômico. Este projeto, alinhado ao nosso propósito de reimaginar a mineração para melhorar a vida das pessoas, propõe a integração do turismo regional, otimizando investimentos, atraindo novas oportunidades comerciais e conferindo maior visibilidade para os atrativos do território”, explica Ivan Simões, diretor de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade da Anglo American. 

Com o acordo, serão realizados trabalhos de potencialização do turismo regional, com o desenvolvimento de políticas públicas e parcerias com o setor privado voltadas para o fortalecimento dessa cadeia de valor. “O corredor será responsável por interligar regionalmente projetos, rotas e circuitos de turismo já existentes, beneficiando todos os municípios participantes. Será uma grande experiência aos turistas que buscam conhecer a riqueza cultural, histórica e natural da região da Serra do Espinhaço”, ressalta o prefeito de Conceição do Mato Dentro, José Fernando Aparecido de Oliveira. Para o prefeito de Jaboticatubas, Eneimar Marques, o projeto busca o desenvolvimento socioeconômico da região, por meio de uma estrutura integrada e um planejamento que irá somar esforços de todos os municípios envolvidos neste corredor, em vista de um produto único, mas sem deixar de lado as especificidades locais. Todos os municípios e distritos envolvidos no corredor turístico terão a oportunidade de trocar experiências e trabalhar em conjunto.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.