Aeronave combate incêndios florestais que ocorrem há vários dias na região do Carandazal, Pantanal do Nabileque, entre Corumbá e Porto Murtinho (MS). Foto: Corpo de Bombeiros MS/Portal do Governo de Mato Grosso do Sul.
Aeronave combate incêndios florestais que ocorrem há vários dias na região do Carandazal, Pantanal do Nabileque, entre Corumbá e Porto Murtinho (MS). Foto: Corpo de Bombeiros MS/Portal do Governo de Mato Grosso do Sul.

Governo Federal vai repassar R$ 8,6 milhões para combate a incêndios no Mato Grosso do Sul

Recursos serão usados na compra de combustível, aluguel de aeronaves e veículos e na alimentação e hospedagem, por 90 dias, de 150 bombeiros militares que participarão da ação


O Governo Federal vai liberar mais de R$ 8,6 milhões para ajudar no combate aos incêndios florestais que atingem o Mato Grosso do Sul. Os recursos vão ser repassados por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para atender as cidades de Aquidauana, Bodoquena, Bonito, Corumbá, Jardim, Miranda e Porto Murtinho.

"Foram liberados recursos para a locação de aeronaves, locação de ônibus, alimentação dos servidores empenhados na resposta, além de outras demandas logísticas. Esse é mais um esforço da Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, alinhado com o Governo Federal, para diminuirmos os danos ambientais, materiais decorrentes desses incêndios", explica o coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil.

O valor repassado pelo MDR vai possibilitar a manutenção do combate às chamas por três meses, com a participação de 150 bombeiros militares. 

A Defesa Civil Nacional vem monitorando a situação dos incêndios florestais em parceria com os gestores de estados e municípios. Esse acompanhamento tem como objetivo prestar apoio em casos de incêndios, além de levantar necessidades que possam surgir para melhorar a resposta ao desastre. As informações são compiladas por meio de relatórios diários de monitoramento.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O Governo Federal vai liberar mais de oito milhões e seiscentos mil reais para ajudar no combate aos incêndios florestais que atingem o Mato Grosso do Sul. Os recursos vão ser repassados por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, para atender as cidades de Aquidauana, Bodoquena, Bonito, Corumbá, Jardim, Miranda e Porto Murtinho.

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, explica como o dinheiro será utilizado.

SONORA 
"Foram liberados recursos para a locação de aeronaves, locação de ônibus, alimentação dos servidores empenhados na resposta, além de outras demandas logísticas. Esse é mais um esforço da Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, alinhado com o Governo Federal, para diminuirmos os danos ambientais, ma'teriais decorrentes desses incêndios."

LOC: O valor repassado pelo MDR vai possibilitar a manutenção do combate às chamas por três meses, com a participação de 150 bombeiros militares. 

A Defesa Civil Nacional vem monitorando a situação dos incêndios florestais em parceria com os gestores de estados e municípios. Esse acompanhamento tem como objetivo prestar apoio em casos de incêndios, além de levantar necessidades que possam surgir para melhorar a resposta ao desastre. As informações são compiladas por meio de relatórios diários de monitoramento.

Para saber mais sobre ações de defesa civil do Governo Federal, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Vicente Melo