Foto: MDR/divulgação
Foto: MDR/divulgação

Governo Federal entrega 191,7 mil moradias no primeiro semestre deste ano

No total, cerca de 760 mil pessoas de todo o País foram beneficiadas com a casa própria.


O Governo Federal vem avançando no compromisso de reduzir o déficit habitacional no Basil, hoje estimado em quase 6 milhões de famílias.

Apenas no primeiro semestre deste ano, o Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, entregou mais de 190 mil moradias, que realizaram o sonho da casa própria para mais de 750 mil pessoas. Além disso, foram contratados outros 177 mil imóveis, que em breve vão beneficiar outras 700 mil pessoas.

Alfredo dos Santos, secretário nacional de Habitação, ressalta o aumento de modalidades como uma das razões para o sucesso do Programa Casa Verde e Amarela. Além da produção de moradias, a iniciativa federal passou a atuar na regularização fundiária, melhoria habitacional e locação social.

“Ao contrário do programa anterior, que tinha como único foco a produção habitacional, o Programa Casa Verde e Amarela olha as demais necessidades. E tem avançado significativamente em todas as vertentes, seja na regularização e melhoria habitacional, seja na produção habitacional e também na propositura de um programa de locação social” 

No primeiro semestre, o Programa de Regularização Fundiária e Melhoria Habitacional superou a marca de 1200 adesões de municípios. Além disso, mais de 800 estão em processo de cadastramento.
 
Ainda nos primeiros seis meses do ano, o MDR repassou mais de 137 milhões de reais para garantir a continuidade de ações ligadas ao Programa Casa Verde e Amarela. O objetivo é não deixar obras paralisadas.

 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O Governo Federal vem avançando no compromisso de reduzir o déficit habitacional no Basil, hoje estimado em quase 6 milhões de famílias.

Apenas no primeiro semestre deste ano, o Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, entregou mais de 190 mil moradias, que realizaram o sonho da casa própria para mais de 750 mil pessoas. Além disso, foram contratados outros 177 mil imóveis, que em breve vão beneficiar outras 700 mil pessoas.

Alfredo dos Santos, secretário nacional de Habitação, ressalta o aumento de modalidades como uma das razões para o sucesso do Programa Casa Verde e Amarela. Além da produção de moradias, a iniciativa federal passou a atuar na regularização fundiária, melhoria habitacional e locação social.

SONORA 
“Ao contrário do programa anterior, que tinha como único foco a produção habitacional, o Programa Casa Verde e Amarela olha as demais necessidades. E tem avançado significativamente em todas as vertentes, seja na regularização e melhoria habitacional, seja na produção habitacional e também na propositura de um programa de locação social” 

LOC: No primeiro semestre, o Programa de Regularização Fundiária e Melhoria Habitacional superou a marca de 1200 adesões de municípios. Além disso, mais de 800 estão em processo de cadastramento.
 
Ainda nos primeiros seis meses do ano, o MDR repassou mais de 137 milhões de reais para garantir a continuidade de ações ligadas ao Programa Casa Verde e Amarela. O objetivo é não deixar obras paralisadas.

Para saber mais sobre o programa Casa Verde e Amarela e outras ações do Governo Federal na área de Habitação, acesse mdr.gov.br

Reportagem, Roberto Wagner