VAZIO SANITÁRIO: Produtores de grãos de Alagoas só podem plantar até 14 de janeiro de 2015

VAZIO SANITÁRIO: Produtores de grãos de Alagoas só podem plantar até 14 de janeiro de 2015

Salvar imagem

Tempo do áudio – 2min18seg

REPÓRTER: Os produtores de feijão, milho, soja e algodão de Alagoas têm até o dia 14 de janeiro para finalizar a plantação. É que a partir do dia 15, entra em vigor o período do vazio sanitário no estado. A pausa na plantação dos grãos é por conta da proliferação da Helicoverpa Armígera, uma lagarta que ataca várias culturas no Brasil. O surto da praga levou o governo federal a declarar estado de emergência fitossanitária na região por um período de um ano. Os primeiros focos da Helicoverpa em Alagoas surgiram no final de 2013, nas cidades de Limoeiro de Anadia e Arapiraca e depois se espalharam para outros pontos do estado. Apesar da determinação do governo federal, alguns agricultores de Alagoas não são a favor da norma. Antônio Resende planta feijão na região norte do estado, Antônio Resende conta que vai perder muita até o dia 14 de março, data que marca o fim do vazio sanitário.

SONORA: produtor de feijão – Antônio Resende

"Esse vazio vai nos custar, também, que essa janela de plantio vai ficar pequena. Porque a gente não pode plantar antes de esfriar, do tempo dar uma esfriada. Porque, tem o problema do calor. A mosca está aí, que sai da soja e vem para o feijão. Então, a gente dá um tempo. E temos que acabar o plantio até 20 de maio para poder colher."  

REPÓRTER: Mesmo com a insatisfação de alguns produtores do estado, o superintendente de Desenvolvimento Agropecuário de Alagoas, Hibernon Cavalcanti, garante que a norma vai trazer benefícios aos agricultores na hora da plantação e colheita.

SONORA: superintendente de Desenvolvimento Agropecuário de Alagoas - Hibernon Cavalcanti

"Então, nesse sentido a gente estabeleceu esse vazio e isso vai impactar pequenos produtores que produzem algumas culturas irrigadas. Essa medida que nós tomamos é justamente para evitar a proliferação da praga. A Helicoverpa já está em mais de 30 municípios do nosso estado. Acima de tudo, os produtores às vezes não aceitam o vazio sanitário, mas isso é uma medida que vai beneficiar diretamente a ele.

REPÓRTER: O agricultor de Alagoas que desrespeitar o vazio sanitário, entre 15 de janeiro e 14 de março de 2015, vai ser multado. A Agência de Defesa Sanitária e Inspeção Agropecuária de Alagoas, o Adeal, vai fiscalizar as propriedades durante este período. Para mais informações acesse: agricultura.al.gov.br

Reportagem, Victor Maciel

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.