UMUARAMA (PR): Banco de sangue da região abastece 21 municípios

Ponto de coleta também atende a cidades paraguaias, que fazem fronteira com o munícipio

Salvar imagem

LOC.: O motorista Jair Eugênio,  de 54 anos, doa sangue desde 2002, em Umuarama, município do noroeste paranaense. Morador do bairro Jardim dos Pássaros, ele visita o hemonúcleo da cidade pelo menos duas vezes por ano. A unidade fica cerca de um quilômetro e meio da sua residência. Sempre que vai , Jair procura se alimentar e descansar bem. Casado e pai de dois filhos, não fuma nem bebe. Na família, ele é o único doador, mas garante que conversa com os familiares sobre a importância da doação. O motorista acredita que mais pessoas seriam doadoras, se tivessem mais informação.

TEC./SONORA: Jair Eugênio, motorista.

“Doo justamente que é para ajudar. Sempre está precisando de bolsa de sangue. É importante. Se a gente está apto a fazer doação, a gente está sempre doando. A gente está prestando atenção a esses detalhes, para não ter problema, não ser eliminado na doação. Às vezes, muitas pessoas ficam inibidas, não dá aquele incentivo, então tendo mais campanha, conscientizar mais, ouvir, falar mais.”

LOC.: O Hemonúcleo de Umuarama registra, em média, 30 doações de sangue por dia e 750 por mês. O local atende 21 municípios da região, incluindo cidades paraguaias que ficam próximas à fronteira. O banco de sangue é o único que abastece a região. O diretor do Hemonúcleo, Cláudio Francisconi, explica que a demanda aumentou depois da inauguração do Hospital do Câncer, em março do ano passado, mas que trabalham com uma margem mínima de segurança.

TEC./SONORA: Cláudio Francisconi, diretor do Hemonúcleo de Umuarama.

“Nós mantemos um controle de estoque que nós chamamos de reserva técnica. Desde que nós estamos aqui, a gente mantém esse nível e essa reserva. Quando a gente percebe que está baixando, a gente já volta ao trabalho, a campo. Fazemos campanha, divulgação, para que possamos aumentar o número, pela preocupação até que Umuarama é um pouco distante das outras unidades, de Maringá, Londrina, Curitiba. Então, a gente mantém aqui o nível, a gente nunca teve uma situação crítica.”

LOC.: Em Umuarama, o Hemonúcleo fica na Avenida Manaus, 4444, no Centro Cívico. O serviço de coleta funciona de segunda a sexta-feira, das oito às onze da manhã e das onze e meia da manhã às quatro da tarde. Há coleta também no terceiro sábado de cada mês, das oito da manhã até o meio-dia. Para informações, ligue para 3621-8300. Repetindo: 3621-8300. A doação de sangue é um ato que deve ser praticado regularmente e que salva vidas. Para mais informações, acesse saude.gov.br/doesangue.

 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.