TOCANTINS: Programa Melhor em Casa amplia o número de equipes atuando no estado

Salvar imagem

REPÓRTER: O número de equipes em atuação pelo Programa Melhor em Casa, do Ministério da Saúde, foi ampliado no Tocantins. Agora são sete equipes funcionando no estado. O objetivo do programa é liberar pacientes internados nos hospitais que podem ser tratados em casa, junto da família. O Programa Melhor em Casa é caracterizado por um conjunto de ações de prevenção e tratamento de doenças, reabilitação, paliação e promoção à saúde prestadas em domicílio, garantindo continuidade de cuidados e integrada às Redes de Atenção à Saúde. A proposta é levar equipes com profissionais de várias especialidades para visitar os pacientes, conforme a necessidade de cada um, afirma a coordenadora geral da Atenção Domiciliar, Mariana Borges.

 

SONORA: coordenadora geral da Atenção Domiciliar do Ministério da Saúde, Mariana Borges.

“O Melhor em Casa tem toda uma estrutura para prestar o máximo de segurança esse cuidado dentro de casa. Então é um paciente que vai ter todas as comodidades de uma internação hospitalar, ou seja, se ele necessitar de exames, esses exames vão ser colhidos em casa, se ele necessitar de medicações ou mesmo transfusão de sangue isso tudo é possível de ser feito em casa. E são pacientes que podem receber entre uma visita por semana ou até duas visitas por dia se for o caso, sempre o plano terapêutico de acordo com a necessidade do paciente”.

 

REPÓRTER: Atualmente, em todo o Brasil, o Programa Melhor em Casa possui 980 equipes com profissionais de diversas áreas atuando em 25 estados para fazer atendimentos, que são realizados em 376 municípios. Para saber mais, acesse o endereço: www.saude.gov.br/

 

Reportagem, Janary Damacena.

 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.