TJPA: Comissão de Segurança forma 123 brigadistas

A próxima edição do curso será em fevereiro de 2016, e a tenderá as comarcas integrantes da 6ª Região Judiciária, que tem como sede a Comarca de Paragominas.

 

SalvarSalvar imagem

 

 
REPÓRTER: A Comissão Permanente de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) encerrou a programação de realização do Curso de Brigada de Incêndio (nível intermediário), nas comarcas do Estado em Capanema. Ao longo do ano, foram atendidas 41 comarcas, integrantes de cinco regiões judiciárias sediadas nas comarcas de Ananindeua, Tomé-Açu, Abaetetuba, Castanhal e Capanema. No total, foram formados 123 brigadistas. O curso é realizado em parceria com as coordenadorias Militar e de Treinamento e Formação do TJPA. A servidora terceirizada Regina Paula de Freitas já realizou o curso de brigadistas de incêndio promovido pela Coordenadoria Militar do Tribunal de Justiça do Pará. Para a servidora, o curso vai servir para saber o que fazer em momentos difíceis.
 
SONORA: Regina Paula de Freitas, servidora.
 
"O curso serviu para muita coisa para gente, na hora do incêndio a gente saber o que fazer e orientar os colegas que não fizeram o curso que façam porque é bom e na hora difícil, a gente saber o que fazer"
 
REPÓRTER: Em Capanema, último curso realizado neste ano, 34 pessoas, dentre magistrados, servidores e integrantes do Ministério Público, participaram das aulas práticas e teóricas. A Região Judiciária sediada em Capanema abrange as comarcas de Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Capitão Poço, Garrafão do Norte, Nova Timboteua, Ourém, Peixe-Boi, Primavera, Salinópolis, Santa Luzia do Pará, Santarém Novo e Vizeu. O curso, coordenado pelo major BM Josafá Varela e ministrado pelo sargento BM Nilson, integrantes da Coordenadoria Militar do TJPA. O curso busca proporcionar aos participantes as condições mínimas necessárias de formação e treinamento de Brigada de Incêndio, entre outros ensinamentos, como ressalta o Major  Bombeiro Militar Major Varela.
 
SONORA: Bombeiro Militar Major Varela.
 
“Um dos nossos objetivos é justamente trabalhar a questão não só da atuação, do combate propriamente digo, mas a própria prevenção. Essa prevenção pode se dar de duas maneiras. Equipando as edificações e a outra capacitando os presentes, os servidores e colaboradores”
 
REPÓRTER:  Presidida pelo desembargador Rômulo Nunes, a Comissão tem ainda em sua formação os juízes Luana Santalices, José Antônio Cavalcante, José Roberto Maia Bezerra Júnior e Cristiano Arantes, com secretaria do servidor Paulo Roberto Monteiro Filho. Tem como finalidade a implantação de ações estratégicas de segurança de magistrados, patrimônio e informações afetas ao Judiciário estadual. Segundo o desembargador Rômulo Nunes, serão abertas novas turmas de capacitação para atender todas as Regiões Judiciárias do Estado. A próxima edição do curso será em fevereiro de 2016, e a tenderá as comarcas integrantes da 6ª Região Judiciária, que tem como sede a Comarca de Paragominas.
 
Reportagem, Storni Jr. 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.