Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Créditos: Lucas Figueiredo - CBF

Tite chama Neymar, Vinicius Junior e Bruno Henrique para amistosos

Seleção brasileira vai enfrentar Peru e Colômbia no início de setembro


O técnico da seleção brasileira Tite divulgou, na manhã desta sexta-feira (16), a lista dos convocados para os amistosos contra as seleções do Colômbia e Peru, nos dias 1º e 6 de setembro. E a lista está repleta de novidades e retornos.

A primeira novidade foi a convocação do atacante Bruno Henrique, do Flamengo. Outro nome que surge pela primeira vez na lista foi do lateral do Santos, Jorge. Samir, que atua pela Udinese da Itália, também é um dos nomes que apareceram como surpresa entre os convocados.

Inesperada mesmo foi a convocação de Ivan, goleiro do Sub-20 da Ponte Preta, que também foi chamado. Ele foi o goleiro da seleção pré-olímpica que conquistou o Torneio de Toulon esse ano, sendo um dos destaques do time. A Ponte Preta não tinha um representante na seleção há 17 anos, o último havia sido Washington Coração Valente em 2002.

No caso dos retornos, o de maior impacto é o de Neymar. Sem jogar pelo Paris Saint Germain, e com o futuro indefinido, o camisa 10 retorna ao time nacional após um turbilhão na vida pessoal, que além da lesão no início da preparação para a Copa América, contou também com a insatisfação da torcida parisiense e problemas com a justiça.

Vinicius Junior, do Real Madrid, também volta ao time. Muitos tinham a expectativa de ver o jovem atacante na Copa América, o que não ocorreu. Agora, ganha a chance para os próximos compromissos.

De resto, o esqueleto do time que venceu a competição mais recente foi mantida. Ederson, Ewerton e Ivan são os goleiros. Alex Sandro, Daniel Alves, Eder Militão, Fagner, Jorge, Marquinhos, Thiago Silva e Samir compõe a parte defensiva da seleção. Para o meio de campo, Tite tem como opções Alan, Arthur, Casemiro, Fabinho, Lucas Paquetá e Phillipe Coutinho. No ataque, Bruno Henrique, David Neres, Firmino, Neymar, Richarlison e Vinicius Junior completam a equipe.

O primeiro compromisso do Brasil será no dia seis de setembro, contra a Colômbia em partida disputada em Miami, nos Estados Unidos.

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

O técnico da seleção brasileira Tite divulgou, na manhã desta sexta-feira (16), a lista dos convocados para os amistosos contra as seleções do Colômbia e Peru, nos dias 1º e 6 de setembro. E a lista está repleta de novidades e retornos.

A primeira novidade foi a convocação do atacante Bruno Henrique, do Flamengo. Outro nome que surge pela primeira vez na lista foi do lateral do Santos, Jorge. Samir, que atua pela Udinese da Itália, também é um dos nomes que apareceram como surpresa entre os convocados.

Inesperada mesmo foi a convocação de Ivan, goleiro do Sub-20 da Ponte Preta, que também foi chamado. Ele foi o goleiro da seleção pré-olímpica que conquistou o Torneio de Toulon esse ano, sendo um dos destaques do time. A Ponte Preta não tinha um representante na seleção há 17 anos, o último havia sido Washington Coração Valente em 2002.

No caso dos retornos, o de maior impacto é o de Neymar. Sem jogar pelo Paris Saint Germain, e com o futuro indefinido, o camisa 10 retorna ao time nacional após um turbilhão na vida pessoal, que além da lesão no início da preparação para a Copa América, contou também com a insatisfação da torcida parisiense e problemas com a justiça.

Vinicius Junior, do Real Madrid, também volta ao time. Muitos tinham a expectativa de ver o jovem atacante na Copa América, o que não ocorreu. Agora, ganha a chance para os próximos compromissos.

De resto, o esqueleto do time que venceu a competição mais recente foi mantida. Ederson, Ewerton e Ivan são os goleiros. Alex Sandro, Daniel Alves, Eder Militão, Fagner, Jorge, Marquinhos, Thiago Silva e Samir compõe a parte defensiva da seleção. Para o meio de campo, Tite tem como opções Alan, Arthur, Casemiro, Fabinho, Lucas Paquetá e Phillipe Coutinho. No ataque, Bruno Henrique, David Neres, Firmino, Neymar, Richarlison e Vinicius Junior completam a equipe.

O primeiro compromisso do Brasil será no dia seis de setembro, contra a Colômbia em partida disputada em Miami, nos Estados Unidos.

Reportagem, Raphael Costa