SAÚDE: Profissionais do SUS são capacitados para oferecer suporte às vítimas de violência sexual

Segundo com o ministério da Saúde, os atendimentos devem ocorrer sete dias por semana, durante 24 horas por dia.

 

 

Salvar imagem

REPÓRTER: Os hospitais do Sistema Único de Saúde, o SUS, vão oferecer suporte às vitimas de violência sexual. De acordo com o ministério da Saúde, cerca de 300 profissionais e 52 hospitais já foram capacitados por meio da qualificação de equipes especializadas nas áreas de saúde e segurança pública. Esses profissionais vão ser responsáveis pela realização da Coleta de Vestígios pelo SUS. As unidades habilitadas vão poder registrar informações em ficha de atendimento multiprofissional até a coleta e armazenamento provisório do material para possíveis encaminhamentos legais. De acordo com o ministério da Saúde, a medida reduz a exposição da pessoa que sofreu a violência e evita que as vítimas passem por vários procedimentos. A medida faz parte do Programa Mulher: Viver sem Violência, que estabelece novas diretrizes para o atendimento das vítimas. Os exames vão ser realizados por equipes compostas por enfermeiros, médicos clínicos e especialistas em cirurgias, psicólogo clínico, hospitalar, social e do trabalho, assistentes sociais e farmacêuticos. Os profissionais vão ser capacitados para atender vítimas de agressão sexual por meio de estupro, abuso e casos de adultos e crianças. Segundo com o ministério da Saúde, os atendimentos devem ocorrer sete dias por semana, durante 24 horas por dia.
 

 

Reportagem, Sara Rodrigues

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.