PICOS (PI): Ônibus de coleta de sangue vai facilitar a doação no sul do Piauí

Hemocentro de Picos realiza, em média, 20 coletas de sangue por dia.

SalvarSalvar imagem

LOC.: A doação de sangue é um ato simples, rápido, seguro e que pode salvar vidas. O Hemocentro de Picos é um dos três hemocentros regionais do Piauí, além do hemocentro coordenador de Teresina. Atualmente, a unidade atende os hospitais públicos e privados dos 20 municípios da microrregião de Picos, como Aroeiras do Itaim, Colônia do Piauí e Dom Expedito Lopes. Em média, são coletadas 20 bolsas por dia no hemocentro. Mas, de acordo com o diretor do Hemopi de Teresina, Jurandir Martins, o incentivo à doação de sangue é sempre necessário. Jurandir conta que as doações no Piauí serão mais confortáveis a partir de agora, inclusive em Picos, que fica no centro-sul. A chegada de um ônibus de coleta de sangue vai facilitar a vida dos doadores.

TEC./SONORA: Jurandir Martins, diretor geral do Hemopi.

“O extremo sul do estado é um local historicamente de um vazio demográfico extenso, uma baixa densidade demográfica, em que nós temos centros urbanos espalhados, longe um do outro, e que termina que dificulta esse nosso fornecimento de sangue. Adquirimos um ônibus móvel para coleta externa, e com esse ônibus iremos melhorar o acesso do doador de sangue que tem dificuldade para ir até o hemocentro. Iremos melhorar o conforto da doação de sangue, o conforto do funcionário que realiza essa coleta.”

LOC.: A doação de sangue pode ser feita até quatro vezes por ano, no caso dos homens, e três vezes, no caso das mulheres. Isso sem nenhum risco à saúde, se forem seguidas as recomendações dos profissionais. Mas o desafio é quebrar preconceitos e fazer com que os doadores casuais se tornem doadores frequentes. De acordo com Karla Guimarães, coordenadora do hemocentro de Picos, é esse tipo de doador que permite que os estoques estejam sempre estabilizados. E a população, cada vez mais consciente.

TEC./SONORA: Karla Guimarães, coordenadora do hemocentro.

“É muito importante eles virem novamente. E eles repassam para a população que é importante não doar só uma vez, que a doação de sangue pode ser frequente. Não faz mal, não tem nenhum problema você ser um doador assíduo, que venha sempre. Isso é um ato de amor, um ato de bondade ao próximo. Então é isso que a gente tenta passar para os nossos doadores. Eu acho que ainda tem que ser mais claro para a população a importância da doação de sangue, porque ainda tem muita gente que não vê isso como importante.”

LOC.: Doe sangue regularmente e ajude a quem precisa. Para doar, é preciso pesar mais de 50 quilos, ter entre 18 e 69 anos, ter boa saúde e vontade de ajudar. Para menores de idade, entre 16 e 18 anos, é necessária a autorização dos pais ou responsáveis. O Hemocentro de Picos fica no bairro Bomba, Praça Antenor Neiva. Se quiser falar com a unidade, ligue para (89) 3422 2138. Repetindo: (89) 3422 2138. Para mais informações, acesse saude.gov.br/doesangue.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.